Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > FIAM > I FIAM

Notícias

I FIAM

Realizada em 2002, o evento mobilizou cerca de 100 mil pessoas, entre expositores, parceiros, visitantes, convidados, participantes de eventos paralelos e equipe organizadora.
publicado: 22/11/2016 12h45 última modificação: 22/11/2016 12h45

A primeira edição da Feira Internacional da Amazônia (FIAM) confirmou o grande potencial para investimentos dos Estados da área de atuação da SUFRAMA (Amazônia Ocidental e os municípios de Macapá e Santana, no Amapá). Realizada em 2002, o evento mobilizou cerca de 100 mil pessoas, entre expositores, parceiros, visitantes, convidados, participantes de eventos paralelos e equipe organizadora.

A FIAM 2002 contou com um total de 194 expositores. Destaque para as empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) que puderam mostrar aos visitantes produtos de alta tecnologia fabricados no parque fabril local. Também participaram da exposição indústrias de produtos regionais de diversos segmentos.

Outros eventos que atraíram a atenção foram as reuniões empresariais, que resultaram em U$S 1,6 milhão em negócios. No total, foram 283 reuniões, onde participaram 14 empresas estrangeiras e 138 brasileiras, das quais 46 do Amazonas e as demais de outros Estados.

A Jornada de Seminários superou a expectativa. No total, foram realizados sete seminários que abordaram diferentes assuntos e que contaram com 1957 inscritos.

Por fim, a presença de participantes de diversos países e de outros Estados foi uma prova do grande sucesso do evento. A lista de estrangeiros é composta por representantes da África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Bélgica, Chile, China, Cingapura, Colômbia, Coréia, Costa Rica, Cuba, Equador, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Índia, Inglaterra, Itália, Japão, Malásia, México, Noruega, Paraguai, Peru, Polônia, República Dominicana, Uruguai, Venezuela e Taiwan. Na lista de participantes regionais, constam os Estados do Acre, Amazonas, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo e Tocantins.