Você está aqui: Página Inicial > Notícias > ​Comitê Gestor do AM tem destaque durante Reunião Nacional do PNCE

Notícias

​Comitê Gestor do AM tem destaque durante Reunião Nacional do PNCE

O evento contou com a participação do ministro do MDIC, Marcos Pereira, teve o objetivo de discutir os resultados das ações desempenhadas no âmbito do Programa em 2016 e o planejamento de atividades para 2017 em todo o País.
por Diego Queiroz publicado: 08/03/2017 16h20 última modificação: 08/03/2017 17h22

O Comitê Gestor do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE) no Estado do Amazonas, do qual a SUFRAMA atua como coordenadora, participou, nesta quarta-feira (8), na sede do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), em Brasília, da Reunião de Coordenação Nacional do PNCE. O evento, dividido em dois turnos e cuja solenidade de abertura, na parte da manhã, contou com a participação do ministro do MDIC, Marcos Pereira, teve o objetivo de discutir os resultados das ações desempenhadas no âmbito do Programa em 2016 e o planejamento de atividades para 2017 em todo o País.

O Comitê do Estado do Amazonas esteve representado na reunião pelas técnicas da Coordenação Geral de Comércio Exterior da SUFRAMA, Sandra Almeida e Kamyle Medina, e também por profissionais da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplan-CTI) e Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Amazonas (Fecomércio AM).

De acordo com o ministro Marcos Pereira, o ano de 2016 foi de muito trabalho em todo o País e, no âmbito do PNCE, não foi diferente, com o lançamento oficial do Programa em 16 Estados brasileiros no período de maio a dezembro – sendo que em onze desses eventos ele esteve presente. “É um programa que é um sucesso, mas que precisa e será, certamente, aprimorado. Nós batemos recorde em quantidade de exportadores em 2016, chegando a mais de 25 mil empresas vendendo ao mercado externo, e 11 Estados Brasileiros alcançaram recorde de exportações. Houve também uma ampliação da quantidade de produtos exportados. Nós estamos atingindo com esses dados o objetivo central do PNCE, que é aumentar a base exportadora e estimular a inserção de empresas brasileiras no mercado internacional”, disse Pereira, parabenizando, ainda, o esforço desempenhado pelas equipes técnicas do Programa nos diversos Estados e reforçando que, para 2017, estão previstas mais de 200 ações de apoio ás exportações a serem executadas pelo MDIC e seus diversos parceiros.

Amazonas
Na parte da tarde, reservada às apresentações das ações desempenhadas pelos comitês gestores do PNCE nos diversos Estados, a coordenadora geral de Comércio Exterior da SUFRAMA, Sandra Almeida, representou o Comitê Gestor do PNCE no Estado do Amazonas e fez uma apresentação com os resultados dos trabalhos realizados em 2016 e as ações previstas para este ano de trabalho.

Constituído em fevereiro de 2016, o Comitê Gestor do PNCE no Amazonas conta com a participação de 15 instituições e já realizou 13 reuniões e diversas ações de capacitação e sensibilização de empresários, incluindo cursos sobre Exportação, Habilitação no Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex), Negociação Internacional e Planejamento Estratégico para Exportação, bem como workshop sobre barreiras técnicas à exportação, reuniões de trabalho sobre gargalos logísticos à exportação, missão para a Feira Expoalimentária 2016 e atendimentos e orientações a micro e pequenas empresas.

Outra ação apresentada com destaque durante a reunião foi o "Projeto Imprensa", que tem o objetivo de publicar artigos com temáticas de comércio exterior nos meios de comunicação, a fim de contribuir para a capacitação do empresariado e para o consequente fomento à cultura exportadora na região. Em seu primeiro ano de atividades, o projeto já viabilizou a publicação de mais de 50 artigos na mídia impressa, atingindo um público estimado de 20 mil pessoas. Cópias de uma publicação reunindo todos os artigos já elaborados pelo Comitê Gestor foram entregues a participantes da reunião, incluindo o secretário de Comércio Exterior do MDIC, Abrão Neto, que elogiou a iniciativa.

Sobre as metas para 2017, Sandra Almeida destacou o projeto de Interiorização da Cultura Exportadora para os 62 municípios do Estado do Amazonas, com uso da tecnologia de Educação à Distância, por meio de Acordo de Cooperação a ser discutido com a Universidade do Estado do Amazonas. Outra ação já com data para ocorrer é o seminário a ser realizado por técnicos do Ministério do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), no próximo dia 15 de março, no auditório da SUFRAMA, que abordará as barreiras técnicas para exportação de produtos com insumos florestais.

A coordenadora da SUFRAMA também divulgou a realização da nona edição da Feira Internacional da Amazônia (FIAM), prevista para os dias 22 a 25 de novembro de 2017, em Manaus, e, por fim, solicitou atenção especial quanto à formulação de uma política de comércio exterior para as áreas de fronteira, com maior ênfase às “cidades-gêmeas” - cidades com mais de dois mil habitantes e que ficam uma ao lado da outra, mas em países diferentes. “O Estado do Amazonas tem fronteiras diversas, e nós da SUFRAMA atuamos em uma área que abrange cinco Estados. Nós não temos uma política voltada para as áreas de fronteira e, com isso, estamos vendo nossos produtos, como peixes e frutas, saindo e sendo processados e colocados no mercado internacional por outros países. Precisamos pensar de forma urgente numa política para exportação nessas áreas”, defendeu a coordenadora.

Kit
Durante a reunião, o Comitê Gestor do PNCE no Estado do Amazonas também entregou ao ministro do MDIC, Marcos Pereira, e a outros representantes do Ministério um kit com diversos produtos amazônicos, todos oriundos de empresas acompanhadas pelo PNCE no Estado. O objetivo da ação foi dar visibilidade à qualidade dos produtos fabricados com matérias-primas regionais e, ao mesmo tempo, apresentá-los como opção viável para composição de brindes do Governo Federal a serem entregues a convidados internacionais que participam de eventos no País.