Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 250ª Reunião Ordinária do CAS avaliará pauta com 65 projetos industriais e de serviços no valor de US$ 750.910 milhões

Notícias

250ª Reunião Ordinária do CAS avaliará pauta com 65 projetos industriais e de serviços no valor de US$ 750.910 milhões

Estimativa é de geração de 1.725 novos empregos no Polo Industrial de Manaus a partir do terceiro ano de funcionamento das linhas de produção.
por Diego Queiroz publicado: 19/05/2011 00h00 última modificação: 13/04/2016 11h09

Sessenta e cinco projetos industriais e de serviços, sendo 30 de implantação e 35 de ampliação, atualização e diversificação, serão avaliados durante a 250ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS), que será realizada nesta sexta-feira (20), às 15h, no auditório Floriano Pacheco, na sede da autarquia. Os projetos prevêem investimentos totais (incluindo capital de giro) de US$ 750.910 milhões e investimentos fixos de US$ 300.216 milhões, com geração de 1.725 novos empregos no Polo Industrial de Manaus (PIM) a partir do terceiro ano de funcionamento das linhas de produção.

A 250ª Reunião do CAS será presidida pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) interino, Alessandro Teixeira, e terá também a participação da superintendente da SUFRAMA, Flávia Grosso, e de demais autoridades, empresários e representantes das classes industrial, política e trabalhadora da região.

Na lista de novos investimentos a serem avaliados pelo Conselho, destaque para os projetos de implantação das empresas Bike Norte Fabricação de Bicicletas, para produção de bicicletas com e sem câmbio, com investimentos fixos previstos de US$ 32.192 milhões e geração de 439 novos empregos; Amazonjuta Têxtil Fibra, voltado à produção de tecidos e sacos de fibra de juta, que deverá gerar 311 novos empregos; e DMN Estaleiro da Amazônia, com investimentos fixos de US$ 700 mil e geração estimada de 53 empregos, para produção de barcos e balsas para transporte.

Também são destaques da pauta os projetos de diversificação das empresas Greenworld e Digibrás, que prevêem investimentos fixos de US$ 5.2 milhões e US$ 7.7 milhões, respectivamente, visando à produção pioneira de microcomputadores portáteis com tela de LED (tablets) no PIM. Outras iniciativas que merecem ênfase são os projetos das empresas Rexam Amazônia, visando a investir US$ 61.586 milhões e contratar mão-de-obra de 103 trabalhadores para produzir latas de alumínio e de aço para líquidos portáteis; Phitronics Indústria e Comércio de Eletrônicos e Informática, para produção de unidades acionadoras de disco magnético rígido (HD), com previsão de US$ 50.615 milhões em investimentos fixos e mão-de-obra adicional de 311 trabalhadores; Masa da Amazônia, voltado à fabricação de telejogos, com previsão de US$ 6.416 milhões em investimentos fixos e geração de 152 novos empregos; e, por último, o projeto da empresa Bertoline Construção Naval da Amazônia, direcionado à construção de estruturas flutuantes, com previsão de US$ 95 mil em investimentos fixos e geração de 90 postos de trabalho.

Exposição
Em homenagem às 250 reuniões ordinárias que o Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS) completará, a SUFRAMA preparou uma exposição fotográfica que retrata os fatos mais marcantes da história do Conselho. A mostra busca destacar as decisões de maior representatividade do CAS para o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) e os seguidos recordes na aprovação de investimentos para o Polo Industrial de Manaus (PIM). A exposição, organizada pela Coordenação-Geral de Comunicação Social (CGCOM) e pela Coordenação-Geral do Conselho de Administração da SUFRAMA (CGCAS), conta com sete paineis informativos ilustrados de 1,10m x 2,20m, e está aberta à visitação, no hall de entrada da SUFRAMA, até o final de junho.

Lançamentos
Outro atrativo da 250ª Reunião do CAS será o lançamento oficial dos livros “Reflexões sobre desenvolvimento, transporte e logística na Amazônia Brasileira” e “A Amazônia Série de Pesquisa – Transporte e Logística”, elaborados pela turma especial de Doutorado em Transportes e Logística da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e organizados pelos doutores Elton Fernandes, Waltair Viera Machado e Raul de Bonis Almeida Simões. As obras são resultantes de projeto que recebeu investimentos de R$ 700 mil da SUFRAMA e contextualizam os esforços da autarquia em prol da formação de capital intelectual na região.