Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Acordo com Paraguai pode beneficiar setor de Duas Rodas do PIM

Notícias

Acordo com Paraguai pode beneficiar setor de Duas Rodas do PIM

Memorando de entendimento pode estreitar relações entre a Zona Franca de Manaus e a Zona Franca Global.
por Enock Nascimento publicado: 03/03/2015 16h46 última modificação: 03/02/2016 13h32

Um memorando de entendimento celebrado entre a Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) e a Zona Franca Global (ZFG) do Paraguai pode resultar na instalação de um centro de distribuição de produtos do Polo Industrial de Manaus (PIM) na Ciudad Del Este e, entre outros desdobramentos, beneficiar o setor de Duas Rodas do Polo. O documento, com vigência de cinco anos, foi assinado na sede da Autarquia, na terça-feira (3) pelo superintendente em exercício, José Adilson Vieira, e o presidente da ZFG, Pedro Céspedes.

Entre os principais objetivos do acordo está o estudo sobre a criação de um Centro Logístico de Armazenagem e Distribuição (Clad) da Zona Franca de Manaus (ZFM) dentro da ZFG, o que permitiria aos importadores paraguaios acesso mais fácil a produtos fabricados em Manaus. Na avaliação dos representantes da Zona Franca localizada na Ciudad Del Este, um dos principais beneficiados seriam as fábricas de motocicletas. “Lá no Paraguai, os importadores compram motocicletas da Honda direto do Japão. Também importam modelos da BMW e Harley Dadvidson das matrizes. E pagam caro. Com certeza, seria mutuamente benéfico se eles pudessem adquirir essas motos aqui das fábricas da ZFM”, explicou Nasser Chamseddine, presidente da Atlantic, empresa paraguaia.

Outro objetivo listado no documento é estudo de alternativas logísticas de integração, incluindo a viabilização de voos cargueiros entre as cidades de Manaus e Minga Guazú (localizada a 311 quilômetros da capital Assunção e a 20 quilômetros de Ciudad del Este). “Já há voos cargueiros saindo de Minga Guazú para locais como Hong Kong e retornando. Com a ligação aérea com Manaus, tornaria mais fácil a substituição de produtos asiáticos por produtos fabricados na Amazônia”, analisou Céspedes.

Adilson Vieira. avaliou o acordo como estratégico para aprofundar as relações da Amazônia Ocidental com o Paraguai, tendo em vista a visão do governo federal de fortalecer o Mercosul. “É só um passo inicial, mas é um momento histórico, pois, diferente do Sul do Brasil, nossas relações comerciais com o Paraguai ainda são pequenas e precisam ser ampliadas”, observou o superintendente em exercício.

Ao final do encontro, foi abordada a formação de uma missão mista (governo e iniciativa privada) ao Paraguai, ainda este ano, para identificação de oportunidades de negócios e de investimentos bilaterais. Os paraguaios também foram convidados a participar da oitava edição da Feira Internacional da Amazônia (FIAM), promovida pela SUFRAMA, que será realizada no período de 18 a 21 de novembro em Manaus. Se aceitarem o convite, será a primeira vez que o Paraguai participará ao evento.

ZFG
A Zona Franca Global (ZFG) é uma empresa privada, concessionária de uma zona franca, adjudicada por licitação pública e com contrato firmado com o governo do Paraguai. Ela funciona desde 2004, na Ruta Internacional, KM 11, da Ciudad Del Este e possui 40 hectares de área (com possibilidade de expansão). Entre as indústrias instaladas, fabricantes de chicote elétrico e de sofás.