Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Capda destina R$ 5,1 milhões para 129 projetos científicos e tecnológicos na Amazônia Ocidental

Notícias

Capda destina R$ 5,1 milhões para 129 projetos científicos e tecnológicos na Amazônia Ocidental

Comitê deliberou e aprovou a aplicação do montante, e também definiu algumas atividades que serão desenvolvidas no próximo ano.
publicado: 12/12/2011 00h00 última modificação: 29/03/2016 17h24

O ano de 2011 chega ao fim com R$ 5,1 milhões de recursos do Comitê das Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento na Amazônia (Capda) aplicados em 129 projetos científicos e tecnológicos de todos os Estados da Amazônia Ocidental. Em reunião realizada nesta segunda-feira, no auditório da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), o Comitê deliberou e aprovou a aplicação do montante, e também definiu algumas atividades que serão desenvolvidas no próximo ano.

Presidida pelo secretário de Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), Nelson Fujimoto, a 39ª reunião, e última do ano, contou com a presença de representantes da Suframa, do governo do Estado, além de entidades do setor industrial e da comunidade científica. Na pauta, o Comitê direcionou os recursos disponíveis para 2011 a projetos publicados no edital universal do Conselho de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

“São 129 projetos que beneficiam todos os Estados da Amazônia Legal. Destes, 53% estão ligados às ciências da Terra, e 43% atuam na área de ciências da vida. Avalio como positivo esse direcionamento, já que são projetos importantes para a região amazônica e nos permitem utilizar todos os recursos disponíveis para pesquisa neste ano”, comentou Fujimoto.

Ele lembrou ainda que 62% da verba serão aplicados em projetos do Amazonas, enquanto o restante será distribuído em pesquisa nos demais Estados. Além dos recursos do Capda, os projetos receberão um aporte do CNPq, que se comprometeu em aplicar R$ 550 mil para complementar o investimento em ciência e tecnologia.

Seminário de Desenvolvimento
Para o próximo ano, o Capda já conta com R$ 2,2 milhões para financiar projetos. O valor, no entanto, deve crescer ainda mais, à medida que o CT-Amazônia – fundo que tem os recursos geridos pelo Comitê – tenha uma definição do orçamento para 2012. Na próxima reunião do Capda, marcada para março do ano que vem, acontecerá também o 1º Seminário de Empreendedorismo, Inovação e Desenvolvimento, que discutirá a aplicação destes recursos e a atuação do Capda no decorrer dos anos subsequentes.

“Neste encontro, reuniremos representantes de todos os Estados da Amazônia Ocidental, e de todos os setores envolvidos. A ideia é definir um direcionamento da atuação do Comitê, não apenas para 2012, mas a médio e longo prazos. Além disso, teremos a oportunidade de mostrar para a sociedade o foco do nosso trabalho”, explicou Fujimoto.

Reuniões Itinerantes
Uma das metas definidas para 2012 é a realização de reuniões do Capda em outras capitais da Amazônia Ocidental. De acordo com o secretário executivo do Comitê, Elilde Mota de Menezes, o calendário de encontros deve ser definido em março do ano que vem. “Ao todo teremos seis reuniões em 2012, e é importante que algumas delas sejam realizadas em outras capitais, para fortalecer nossa intenção de levar ciência e tecnologia para toda Amazônia Ocidental”, avaliou.

CBA
Durante a reunião do Capda, o secretário de Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), Nelson Fujimoto aproveitou para dar informes sobre a definição do modelo de gestão do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA). Segundo ele, uma equipe de técnicos do Mdic esteve em Manaus para avaliar o caso. A ideia é ultimar a proposta de criação da empresa pública para incorporar as atividades desenvolvidas no Centro de Biotecnologia da Amazônia que será encaminhada ao Gabinete Civil da Presidência da República.