Você está aqui: Página Inicial > Notícias > CAS aprova 42 projetos em reunião que celebrou 45 anos da Zona Franca de Manaus

Notícias

CAS aprova 42 projetos em reunião que celebrou 45 anos da Zona Franca de Manaus

Investimentos totais (incluindo capital de giro) previstos superam US$ 1 bilhão, com expectativa de gerar 1.400 empregos diretos em três anos.
publicado: 28/02/2012 00h00 última modificação: 28/03/2016 11h41

Reafirmação do comprometimento do governo federal com o modelo Zona Franca de Manaus e a capacidade do modelo de sobreviver aos desafios foram destacados na 255ª reunião do Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS). A reunião foi realizada nesta terça-feira, 28, em solenidade que comemorou os 45 anos da ZFM e da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA).

O CAS avaliou e aprovou 42 projetos industriais e de serviços com investimentos totais (incluindo capital de giro) que superam US$ 1 bilhão e previsão de gerar 1.400 empregos diretos em três anos. Um projeto que estava na pauta para a aprovação, o da Plast Tech Indústria e Comércio de Produtos de Material Plásticos, foi retirado da avaliação e votação para que os conselheiros pudessem analisá-lo melhor. A expectativa é que o projeto seja novamente submetido à apreciação na pauta da próxima reunião.

Na abertura dos trabalhos, o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Alessandro Teixeira, parabenizou a SUFRAMA, o modelo ZFM e o superintendente da autarquia, Thomaz Nogueira, em sua primeira reunião oficial do CAS. “Hoje comemoramos 45 anos da Zona Franca de Manaus, um modelo que tem apresentado resultados esplendorosos com mais de 600 indústrias instaladas, gerando mais de 100 mil empregos diretos e investimentos que chegam à casa das centenas de milhões para a região”, destacou.

Teixeira também elencou medidas tomadas pelo governo federal que demonstram o compromisso, em respeito à determinação da presidenta Dilma Rousseff, de defesa do modelo Zona Franca. Entre as ações, destaque para a aceleração na aprovação dos Processos Produtivos Básicos (20 foram definidos somente em janeiro e fevereiro). Alessandro também adiantou que está em discussão um plano estratégico para o fortalecimento da ZFM assim como para o Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA).

O governador Omar Aziz lembrou a trajetória do modelo. “A Zona Franca de Manaus tem conseguido sobreviver aos desafios. Na década de 90 quase que caímos (quando o País abriu as portas para as importações), mas conseguimos superar. "Vamos sobreviver”, sentenciou o governador.

O superintendente da autarquia, Thomaz Nogueira, fez uma breve prestação de contas dos primeiros dias de sua administração. “Iniciamos um diálogo com a sociedade para definir o futuro da Zona Franca. Tivemos contatos com todas as entidades de classe, representantes dos Trabalhadores e do Empresariado” afirmou. Thomaz também aproveitou para registrar os avanços no encaminhamento dos PPB´s e para anunciar o esforço da autarquia em realizar ainda este ano, um novo concurso público para 173 vagas.

Projetos
Dos projetos de implantação aprovados na reunião do CAS, o destaque é o da fabricante mundial de bebidas energéticas, Red Bull, resultado da alteração no Processo Produtivo Básico (PPB) publicado no início de fevereiro. Estão previstos 79 empregos diretos, mas a expectativa é que a empresa possa adensar a sua cadeia produtiva no Polo Industrial de Manaus (PIM) futuramente. O investimento fixo previsto é de US$ 111 milhões.

Os demais projetos de implantação em destaque são os de condicionador de ar de janela e parede, condensadores e evaporadores de ar, da KMA LTDA., uma nova empresa que chega para reforçar o polo de condicionadores de ar do PIM. O investimento fixo é de US$ 1,5 milhão com 229 empregos previstos, o da inglesa Triumph (US$ 832 mil em investimento fixo e 45 empregos) para fabricação de motocicleta acima de 450 cilindradas e o da D´Martins LTDA., para motos de 100 até 450 cilindradas (investimento fixo de US$ 309 mil e 100 empregos).

Os destaques dos projetos de diversificação, ampliação e atualização são o de televisor com tela de cristal líquido (LCD) da Philco (US$ 3.5 milhões com 747 empregos), que também tem outro projeto para produção de Blu-Ray player e amplificador de Home Theater (US$ 328 mil e mão de obra adicional de 49 empregos). A Digibrás tem projeto para produzir players de Blu-Ray (investimentos de US$ 186 mil).

Projetos já aprovados com base na Resolução CAS 202/206 serão comunicados ao CAS. É o caso da Philco, para produção de computadores (UCP), Digibrás (investimento de US$ 72 milhões) que fortalece a produção de celular no PIM e os projetos de componentes da Honda Lock (partes e peças com tratamento de superfície) e Yamaha Motor Eletronic (unidade de controle de injeção eletrônica).

Posse
Durante a reunião, foi realizada a posse dos novos superintendentes adjuntos nomeados em fevereiro em Portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU). Tomaram posse: Francisco Arnóbio Bezerra Mota (superintendente adjunto de Administração), Gustavo Adolfo Igrejas Filgueiras (superintendente adjunto de Projetos), José Nagib da Silva Lima (superintendente adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Regional).