Você está aqui: Página Inicial > Notícias > CAS aprova investimentos de US$ 350 milhões em sua última reunião do ano

Notícias

CAS aprova investimentos de US$ 350 milhões em sua última reunião do ano

Foram aprovados 29 projetos industriais e de serviços, sendo quatro de implantação e 25 de ampliação, atualização ou diversificação.
por Diego Queiroz publicado: 28/11/2013 17h45 última modificação: 16/02/2016 13h34

Vinte e nove projetos industriais e de serviços, sendo quatro de implantação e 25 de ampliação, atualização ou diversificação, foram aprovados nesta quinta-feira (28) durante a 265ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS). Os projetos somam investimentos totais de US$ 350 milhões, com geração de 130 novos empregos no Polo Industrial de Manaus (PIM) ao longo dos próximos três anos.

A 265ª Reunião, última do CAS em 2013, foi presidida pelo secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Ricardo Schaefer, e contou com a participação do superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Nogueira, conselheiros e representantes de entidades de classe da região, entre outros. A reunião integrou a programação da sétima edição da Feira Internacional da Amazônia (VII FIAM), que vai até este sábado (30), em Manaus.

Os maiores destaques da pauta aprovada nesta quinta-feira foram os projetos das empresas Samsung, com investimento total de US$ 121 milhões para produção de rádio com toca-discos digital a laser; Digiboard, para fabricação de subconjunto tampa traseira para televisores com tela de cristal líquido (LCD), no valor de US$ 22 milhões; Envision, para fabricação de televisor com tela de LCD e investimento superior a US$ 62 milhões; Sense Indústria de Bicicletas da Amazônia, que prevê investir US$ 19 milhões na fabricação de bicicletas com câmbio; e Videolar, que planeja investir cerca de US$ 21 milhões na fabricação de unidades de armazenamento de dados não volátil em meio semicondutor (SSD – Solid State Drive).

Aos projetos aprovados na 265ª reunião somam-se 192 outros, chancelados nas quatro reuniões realizadas previamente pelo CAS em 2013, consolidando um balanço com mais de US$ 3,5 bilhões de investimentos aprovados no ano. “Os números desse ano são muito bons, mesmo levando-se em consideração o momento ainda de recuperação do setor de Duas Rodas. Temos em 2013 um crescimento muito forte no PIM e de expansão de empregos em vários segmentos.”, disse o superintendente da SUFRAMA, Thomaz Nogueira.

Desafios e perspectivas para 2014
De acordo com Thomaz Nogueira, o grande desafio nesse momento em que está sendo realizada a VII FIAM, cujo tema é “Passe para o Futuro”, é projetar os próximos passos. “O fundamental é a contínua evolução. Precisamos identificar o que vamos ter nos próximos 50 anos do modelo ZFM. Temos confiança de que a prorrogação se resolverá no curto prazo e isso joga para nós a responsabilidade de construir as pontes para o futuro”, disse.

Com relação especificamente a 2014, o superintendente revelou otimismo e afirmou que o primeiro semestre tem condições de viabilizar números expressivos, principalmente em função do cenário econômico favorável e da realização da Copa do Mundo FIFA 2014. “A Copa do Mundo impacta favoravelmente nos níveis de produção do nosso segmento eletroeletrônico, então temos a expectativa de um primeiro semestre muito forte. Isso, associado ao potencial aumento do mercado interno e da capacidade de compra do consumidor, só irá nos ajudar a crescer”, destacou.

O secretário-executivo do MDIC, Ricardo Schaefer apontou que, diante da potencial prorrogação por mais 50 anos dos incentivos do modelo ZFM, faz-se necessário pensar e planejar ações a longo prazo, atentando para as mudanças tecnológicas e dos modelos de gestão de negócios que podem impactar a geração de empregos na região. Ele citou o exemplo da produção de TVs com tela OLED, as quais praticamente não possuem etapas de injeção plástica, que são uma das atividades que geram elevados níveis de emprego no PIM. “O exemplo do plástico é pontual. Hoje estamos conseguindo avançar na discussão de Processos Produtivos Básicos (PPBs) a fim de ampliar os processos de injeção plástica e garantir empregos, mas claramente há um direcionamento de que isso pode, no futuro, ser um problema. Precisamos discutir outras propostas de fortalecimento, como programas de exportações, atração de investimentos e aproveitamento das vocações naturais da região”, afirmou.

CBA, PPBs e carreira de servidores
Schaefer também comentou assuntos sensíveis para o modelo ZFM no ano de 2013, como questões relacionadas ao Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), à estruturação da carreira dos servidores da SUFRAMA e aos avanços para definição de PPBs.

Sobre o CBA, o secretário-executivo do MDIC disse que, ainda na primeira quinzena de dezembro, terá uma reunião em Brasília para formatar a proposta final do modelo de gestão do CBA. A proposta até o momento visa à criação de uma Organização Social e sua formatação levará em conta os subsídios obtidos durante reunião realizada com lideranças da região, no último dia 21 de novembro. “Tivemos um amplo diálogo com as forças da região e chegamos a um acordo. Esperamos em meados de dezembro estar chamando a criação da associação, que vai ser o embrião da Organização Social que irá gerir o Centro”, disse.

A questão da carreira dos servidores da SUFRAMA também foi recorrentemente lembrada por Schaefer. Ele afirmou que, além da reunião agendada entre o ministro do MDIC, Fernando Pimentel, e a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, para tratar da questão, ele próprio tem reunião marcada com a secretária-executiva do MPOG, Eva Maria Chiavon, em dezembro, para reforçar a necessidade de reestruturação do plano de cargos e salários da autarquia. “Já tivemos uma conquista com a autorização do novo concurso e a consequente ampliação dos quadros, mas precisamos ter essa equipe melhor estruturada e preparada. Os esforços estão sendo feitos para abrir canais de diálogo e buscar uma solução. Estamos em um bom caminho para resolver”, disse.

Já as definições sobre PPBs para o PIM, segundo o dirigente do MIDC, estão ocorrendo e até o final de dezembro os principais processos pendentes, que envolvem produtos como motocicletas, telefones celulares, televisores e microcomputadores, estarão solucionados. “Esta semana tivemos um acordo com relação ao PPB de split, que já aprovamos e vamos publicar a portaria muito em breve. Ontem (27) concluímos a consulta pública relacionada ao PPB de telefones celulares. O PPB de Duas Rodas, por sua vez, também está em fase final de análise de manifestações e marcaremos reuniões na primeira semana de dezembro para debater com os atores envolvidos e construir o texto final. Temos outros PPBs que estão sendo definidos de maneira acelerada”, destacou.

Reuniões em 2014
O Conselho de Administração da SUFRAMA também aprovou o seu calendário de reuniões ordinárias para 2014. A primeira reunião será realizada no dia 28 de fevereiro, mesma data em que se comemorará o 47º aniversário do modelo Zona Franca de Manaus. As demais reuniões estão agendadas para os dias 10 de abril, 5 de junho, 14 de agosto, 16 de outubro e 11 de dezembro.