Você está aqui: Página Inicial > Notícias > CAS aprova pauta de US$ 345 milhões com destaque para investimentos nacionais e locais

Notícias

CAS aprova pauta de US$ 345 milhões com destaque para investimentos nacionais e locais

A previsão é que os projetos gerem 1.122 novos empregos nos próximos três anos.
publicado: 20/05/2010 00h00 última modificação: 02/05/2016 15h31

O Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS) aprovou nesta quinta-feira, 42 projetos industriais e de serviços, sendo 17 de implantação e 25 de ampliação, atualização e diversificação. A previsão é que os projetos somem investimentos totais de US$ 345,485 milhões com a geração de 1.122 novos empregos nos próximos três anos.

Dentre os projetos de implantação destacam-se os da Euromanaus Indústria e Comércio de Móveis, no valor de US$ 2,026 milhões, para fabricação de móveis com tecnologias inovadoras e o da AZV Eletrônica da Amazônia, no valor de US$ 3,558 milhões, para produção de microcomputadores portáteis. “O projeto da Euromanaus nada mais é que a Artefacto, empresa nacional conhecida internacionalmente pela qualidade de seus móveis que está vindo produzirem em Manaus. A empresa reconheceu a importância da Zona Franca para trazer seus investimentos”, destacou a superintendente da ZFM, Flávia Skrobot Barbosa Grosso. A superintendente também fez questão de citar o investimento da AZV eletrônica do empresário José Azevedo, empreendedor amazonense, que também atua na agropecuária, no comércio e é sócio da Yamaha, para produção de motocicletas no Polo Industrial de Manaus (PIM).

Os dois investimentos foram citados por Flávia Grosso como exemplo da qualidade dos projetos que a cada pauta são aprovados para se instalarem no PIM agregando empregos e tecnologia. “Mais importante que a quantidade de projetos e o valor de investimentos entre uma pauta e outra é a qualidade dos investimentos que chegam para avaliação no CAS”, disse a superintendente.

Os projetos de implantação com maior volume de investimentos aprovados pelo Conselho são os das empresas Ipa Indústria de Plástico, no valor de US$ 29,641 milhões, para produção de aparelhos de barbear e lâminas de duplo fio, e Aliança Navegação e Logística, no valor de US$ 21,467 milhões, para oferta de serviços logísticos, incluindo agenciamento, armazenagem e transporte de contêineres e cargas. Merece destaque também os projetos de implantação das empresas Duramar Indústria e Comércio, com investimentos previstos de US$ 4,541 milhões para produção de tintas e massas para pinturas.

Entre os projetos de ampliação, diversificação e atualização merecem destaque os projetos da Digiboard Eletrônica da Amazônia, no valor de US$ 65,453 milhões, para produção de dispositivos de cristal líquido para televisores e monitores; Kasinski Fabricante de Veículos, no valor de US$ 41,854 milhões, para ampliação da produção de motocicletas e motonetas; Elo Eletrônica Amazônia, no valor de US$ 38,266 milhões, para fabricação de registradores e medidores de energia elétrica; Weg Amazônia S/A, no valor de US$ 13,436 milhões, para fabricação de motores elétricos destinados a condicionadores de ar; e Philips do Brasil, no valor de US$ 21,897 milhões, para aumento da produção de aparelhos reprodutores de DVDs da tecnologia blu-ray.