Você está aqui: Página Inicial > Notícias > CAS realiza 279ª Reunião Ordinária em Macapá nesta quinta

Notícias

CAS realiza 279ª Reunião Ordinária em Macapá nesta quinta

A reunião ocorrerá a partir das 17h, no Salão Nobre do Palácio do Setentrião, sede do Governo do Amapá, e contará com a presença do ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Pereira.
por Diego Queiroz publicado: 10/05/2017 13h52 última modificação: 10/05/2017 14h56

Após quase nove anos, o Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS) retorna à cidade de Macapá (AP), nesta quinta-feira (11), para realizar sua 279ª Reunião Ordinária. A reunião ocorrerá a partir das 17h, no Salão Nobre do Palácio do Setentrião, sede do Governo do Amapá, e contará com a presença do ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Pereira, do governador do Amapá, Waldez Góes, do prefeito de Macapá, Clécio Luis, e do superintendente adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Regional da SUFRAMA, Marcelo Pereira, bem como de parlamentares, representantes de entidades de classe e demais autoridades estaduais e regionais.

A pauta da reunião contempla 25 projetos industriais e de serviços, que preveem investimentos totais de US$ 146.955 milhões e mão de obra adicional de 757 empregos, incluindo dois projetos técnico-econômicos oriundos de Macapá. Na sequência da reunião, também está previsto o lançamento oficial, pelo ministro Marcos Pereira, do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE) no Estado do Amapá.

A última reunião do CAS em Macapá – e coincidentemente a última reunião do Conselho fora de Manaus – foi a 233ª Reunião Ordinária, realizada em 19 de junho de 2008. Desde então, 45 encontros ordinários ocorreram consecutivamente na capital amazonense, onde está localizada a sede da SUFRAMA. O retorno do caráter itinerante na realização das reuniões do CAS ocorre no ano em que a autarquia e o modelo Zona Franca de Manaus completam 50 anos, sendo um dos principais pontos idealizados dentro do calendário comemorativo de ações e eventos programado para este ano. Ao longo de 2017, também estão previstas reuniões itinerantes do CAS em Boa Vista (RR), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC).

Dos 25 projetos industriais e de serviços integrantes da pauta, 12 são de implantação e 13 referem-se a iniciativas de ampliação, atualização e diversificação. Os destaques são justamente dois empreendimentos situados no Estado: a Sorveteria Macapá, que trabalha com a fabricação de sorvetes e outros gelados comestíveis, com utilização de frutas nativas da região, e a Verçosa Indústria e Comércio de Alimentos, fabricante de diversos tipos de rações destinadas a suínos, frangos, cães, gatos e peixes. Ambos os empreendimentos, além de concederem benefícios sociais a trabalhadores e proporcionarem o reinvestimento de lucros na região, são considerados estratégicos para o fortalecimento da Área de Livre Comércio de Macapá e Santana devido ao pioneirismo na utilização e disseminação de incentivos ligados ao Projeto Zona Franca Verde.

PNCE
O Plano Nacional da Cultura Exportadora busca a reformulação e implementação de estratégias e iniciativas do Governo Federal, em conjunto com estados da Federação e com a colaboração de instituições privadas, a fim de consolidar e fortalecer a base exportadora brasileira em todas as regiões do País. De forma a tornar mais eficiente o cumprimento do objetivo proposto, será constituído formalmente o Comitê do PNCE no Estado do Amapá, integrado por representantes de entidades públicas e privadas. O comitê atuará no sentido de fortalecer a governança local, de modo a possibilitar o planejamento, a execução, o monitoramento e a avaliação das ações constantes no PNCE no âmbito estadual, de maneira conjunta.

Informações à imprensa
Antes do início da reunião, o ministro do MDIC, Marcos Pereira, o governador do Amapá, Waldez Góes, e o superintendente adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Regional da SUFRAMA, Marcelo Pereira, atenderão os veículos de comunicação durante coletiva de imprensa. Solicita-se que os jornalistas compareçam ao Palácio do Setentrião, local da reunião, a partir das 16h30 para a devida organização do espaço em que os jornalistas serão atendidos.