Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cem milhões de registros econômicos do AM transformados em livro

Notícias

Cem milhões de registros econômicos do AM transformados em livro

O lançamento ocorreu no auditório da Faculdade de Estudos Sociais e contou com a presença de integrantes do corpo docente e discente da faculdade, além de convidados e interessados em questões relativas ao desenvolvimento econômico regional.
por Márcio Gallo publicado: 19/10/2012 16h08 última modificação: 14/03/2016 11h50

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), em parceria com a Universidade Federal do Amazonas (UFAM), lançou esta semana, durante a realização da 9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e a III Semana do Curso de Economia da Universidade, o livro "Tabela de Recursos e Usos - TRU". O projeto foi coordenado, no âmbito da SUFRAMA, pela Coordenação-Geral de Estudos Econômicos (COGEC) e, na UFAM, pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (Prodere), com o professor Mauro Thury. O lançamento ocorreu no auditório da Faculdade de Estudos Sociais e contou com a presença de integrantes do corpo docente e discente da faculdade, além de convidados e interessados em questões relativas ao desenvolvimento econômico regional.

O livro foi fruto de anos de trabalho e surgiu de um Acordo de Cooperação Técnica entre a SUFRAMA e a UFAM. Ao todo, foram avaliados mais de 100 milhões de registros de dados econômicos do Amazonas, que resultaram numa compilação de 984 arquivos divididos em quase seis mil planilhas. O objetivo deste trabalho de pesquisa aplicada foi desenvolver ferramentas que norteiem as políticas econômicas estaduais, fornecendo parâmetros estatísticos detalhados.

Durante a apresentação do livro, Ana Souza, da COGEC/SUFRAMA, afirmou que a equipe que participou da produção do trabalho, boa parte pertencente ao quadro de servidores federais da autarquia, buscou avaliar uma grande quantidade de informações com objetivo de basear com a maior exatidão possível as futuras ações econômicas do Estado. “Tenho absoluta certeza que o Amazonas há de colher os frutos deste trabalho de pesquisa e dizer que esta é uma enorme contribuição para a economia estadual”, destacou Souza.

O economista Renato Freitas, também da COGEC, demonstrou, durante sua palestra, que há diversas formas de se utilizar o trabalho em prol da sociedade. “Através deste instrumental, você consegue perceber as funcionalidades que existem dentro da economia. O que nos propusemos é conhecer os detalhes deste circuito econômico local”, afirmou Freitas.

O Amazonas, a partir deste trabalho, passa a ser um dos quatro Estados brasileiros a registrar uma Tabela de Recursos e Usos, ao lado de Pernambuco, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Isto demonstra que a implementação de um instrumento de planejamento como este se torna essencial para a interação entre as unidades da Federação, devido ao detalhamento dos fluxos econômicos existentes - como informações referentes à geração de renda, empregos, consumo e investimentos.

Por se tratar de uma obra de grande relevância para a economia local, os participantes do projeto disponibilizaram o conteúdo completo do livro para download no site da SUFRAMA (http://www.suframa.gov.br/noticias/publicacoes.cfm), com o objetivo de disseminar os dados apresentados e popularizar a informação fornecida.

registrado em: , ,