Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cinco vias do DI têm obras de revitalização

Notícias

Cinco vias do DI têm obras de revitalização

Intervenção ocorre em decorrência de convênio assinado no final do ano passado entre a SUFRAMA e o Governo do Amazonas, por meio da Seinfra.
por Diego Queiroz publicado: 24/07/2013 16h39 última modificação: 19/02/2016 18h27

Cinco vias do Distrito Industrial I já estão recebendo trabalhos de revitalização em decorrência de convênio assinado no final do ano passado entre a SUFRAMA e o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra). As obras, iniciadas há cerca de quinze dias, estão ocorrendo nas ruas Balata, Ipê e Cupiúba, bem como no trecho III da avenida Buriti (que vai da avenida dos Oitis até a avenida Grande Circular) e na avenida Grande Circular (no trecho entre a rua Solimões e a bola da Samsung).

As intervenções em cada via incluem, além da pavimentação e recuperação da base, a instalação de meio-fio, calçada e sistema de drenagem e a sinalização vertical e horizontal.

As vias com obras em estágio mais adiantado são as ruas Balata e Ipê, cujas pendências são apenas a finalização das calçadas e do sistema de drenagem e a sinalização horizontal. A pavimentação já está concluída e a melhoria do tráfego é visível, principalmente por conta da aplicação de concreto asfáltico do tipo CBUQ – material considerado muito mais resistente do que a areia asfáltica empregada nas vias anteriormente. A previsão é de que até o final de julho essas ruas estejam com obras concluídas.

As demais vias em recuperação – Cupiúba, avenida Grande Circular e trecho III da avenida Buriti – estão com obras ainda em estágio inicial, envolvendo principalmente a instalação do sistema de drenagem e a recuperação da base para aplicação do pavimento flexível. A avenida Grande Circular foi a última a iniciar os trabalhos de revitalização.

Ampla revitalização
O convênio assinado entre SUFRAMA e Seinfra prevê a recuperação de um total de 28 ruas e avenidas do Distrito Industrial I, bem como a criação de infraestrutura para três novas vias do Distrito Industrial II, também conhecido como Área de Expansão. O pacote completo de obras está orçado em R$ 104,5 milhões, sendo R$ 94 milhões repassados pela SUFRAMA e R$ 10,5 milhões investidos como contrapartida do Governo do Amazonas.

Segundo o engenheiro Carlos Milson Baima de Almeida, profissional da Coordenação-Geral de Recursos Logísticos da SUFRAMA, o início das obras já tem proporcionado resultados positivos para empresários e a sociedade de um modo geral. “Na rua Ipê, por exemplo, recebíamos reclamações constantes sobre a situação do asfaltamento e, a partir dos trabalhos capitaneados pelo Governo do Estado, com todo o acompanhamento técnico da SUFRAMA, já conseguimos felizmente resolver o problema”, afirmou. Ele apontou que o cronograma das próximas vias a receberem as obras ainda está sendo definido em parceria com a Seinfra e que as ruas e avenidas foram classificadas e priorizadas em três grupos distintos, de acordo com a intensidade de tráfego e o volume de cargas transportadas.

Baima destacou ainda que, tão importante quanto a ação de pavimentação em si, tem sido o trabalho de fortalecimento da base das vias a fim de aumentar a vida útil das mesmas. “Nossos técnicos e os técnicos do Governo do Estado têm tido toda a preocupação com a conformação geométrica das vias e com a qualidade do sistema de drenagem, para que a água escorra de forma adequada e os impactos futuros sejam minimizados”, disse. “Também optamos pela aplicação nas nossas ruas de concreto asfáltico, um composto de grande resistência e qualidade. Esse material deve suportar a carga tranquilamente por pelo menos mais vinte anos com a devida manutenção”, complementou.