Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cooperação técnica com Israel pode contribuir com atividades na ZFM

Notícias

Cooperação técnica com Israel pode contribuir com atividades na ZFM

Reunião com o embaixador israelense abordou possibilidades de cooperação nas áreas de Ciência e Tecnologia e, também, as oportunidades para aprimoramento das relações comerciais entre as partes.
por Diego Queiroz publicado: 22/03/2019 19h10 última modificação: 22/03/2019 20h17

O superintendente da SUFRAMA, Alfredo Menezes, reuniu-se na tarde desta sexta-feira (22), na sede da autarquia, com o embaixador extraordinário e plenipotenciário de Israel no Brasil, Yossi Avraham Shelley. Acompanhado por equipe técnica da autarquia e pelo deputado federal Capitão Alberto Neto, o superintendente fez uma breve apresentação sobre as diretrizes do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) e abordou possibilidades de cooperação técnica com Israel, sobretudo, nas áreas de Ciência e Tecnologia e também as oportunidades para aprimoramento das relações comerciais entre as partes.

Menezes enfatizou que é do completo interesse da SUFRAMA trabalhar junto à Embaixada de Israel para que as relações comerciais sejam ampliadas e fortalecidas, bem como atuar conjuntamente na captação de novos investimentos israelenses tanto visando ao aproveitamento das potencialidades da biodiversidade regional quanto à expansão do Polo Industrial de Manaus (PIM).

Apesar de ainda não ser tão representativa, a balança comercial entre o Estado do Amazonas e Israel apresentou sensível evolução nos últimos anos. Em 2018, o Amazonas exportou R$ 1,211 milhão para Israel e recebeu R$ 4,583 milhões em importações. O fluxo comercial de R$ 5,794 milhões, portanto, representa um crescimento de 122,71% em relação ao fluxo de 2017 (R$ 2,601 milhões).

Um dos tópicos bastante comentados durante a reunião também foi o interesse da SUFRAMA em realizar cooperações técnicas com Israel a fim de conhecer e poder utilizar as diversas tecnologias de ponta desenvolvidas naquele país, especialmente nas áreas de meio ambiente e setor primário, tendo em vista que Israel é referência mundial em tecnologias e pesquisas na área agrícola. Nesse sentido, Menezes lembrou ao embaixador que integrará comitiva do presidente da República, Jair Bolsonaro, que cumprirá missão oficial em Israel entre os dias 30 de março e 4 de abril. "Nossa intenção é principalmente essa: extrair todo o vasto conhecimento na área de Ciência e Tecnologia de Israel e trazer o que for possível para aplicarmos em nossa região, na nossa floresta", afirmou o superintendente, colocando também a SUFRAMA à disposição da Embaixada de Israel para o desenvolvimento de parcerias.

O embaixador Yossi Shelley disse estar muito feliz com a oportunidade de conhecer um pouco mais a região, bem como a SUFRAMA e a equipe técnica da autarquia, e também afirmou que buscará colaborar no que for possível para a ampliação da pauta de investimentos e de parcerias técnicas. "Temos interesse em cooperar. Podem contar conosco para expor as oportunidades da região aos empresários israelenses que venham a ter interesse em projetos nesta área", disse o diplomata.