Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Desenvolvimento fronteiriço pauta reunião da Suframa na Colômbia

Notícias

Desenvolvimento fronteiriço pauta reunião da Suframa na Colômbia

Evento foi promovido para discutir oportunidades de comércio, turismo e economia criativa com representantes institucionais e empresariais da tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru.
por Márcio Gallo publicado: 19/12/2019 11h01 última modificação: 19/12/2019 13h26

No início do mês de dezembro, a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), por meio de sua representação da Área de Livre Comércio de Tabatinga (ALCTB), participou de uma rodada de negócios, realizada na cidade de Letícia (Colômbia), para debater sobre as oportunidades de comércio, turismo e economia criativa com representantes institucionais e empresariais da tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru. Um dos objetivos do encontro foi criar espaços de facilitação para fomentar negociações que permitam a geração de intercâmbio comercial no curto e médio prazo entre os países.

Devido à reconhecida importância do trabalho realizado pela Suframa, em especial no âmbito da Zona Franca de Manaus (ZFM), a coordenadora regional da ALCTB, Fernanda Moraes, foi convidada a representar a Autarquia no evento para contribuir com a discussão acerca de iniciativas para o desenvolvimento fronteiriço.

"Recebemos o convite para colaborar com o debate proposto e viemos com o objetivo de apresentar as informações sobre o modelo de desenvolvimento regional a fim de atrair empresários e investidores da tríplice fronteira para investirem em Tabatinga e, assim, fomentar a economia local utilizando os incentivos administrados pela Suframa", destacou Fernanda Moraes.

Na ocasião, a coordenadora ministrou a palestra "Os incentivos fiscais das Áreas de Livre Comércio e da Amazônia Ocidental" e apresentou um vídeo institucional voltado a destacar as potencialidades regionais na área coberta pelos benefícios ofertados na Zona Franca de Manaus, o que chamou a atenção dos presentes. "Quando se passa a conhecer melhor as condições para investimentos na região, é comum que se aumente o interesse de empresários, investidores e empreendedores em buscar mais informações para estabelecer negócios que geram os impactos positivos que buscamos, como a geração de emprego e renda e o retorno social tão importante para todos", afirmou Fernanda.

registrado em: , , , ,