Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Empresários paraenses buscam novas parcerias no PIM

Notícias

Empresários paraenses buscam novas parcerias no PIM

Grupo de 20 empresários prospectaram novas oportunidades de negócios e parcerias com o empresariado local.
publicado: 28/08/2009 00h00 última modificação: 30/05/2016 15h57

Uma comitiva formada por cerca de 20 empresários, membros do Conselho de Jovens Empresários (Conjove), da Associação Comercial do Pará, participou na manhã desta quinta-feira (27), de uma reunião na sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA). O objetivo do encontro foi conhecer o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) e prospectar novas oportunidades de negócios e parcerias com o empresariado local.

Durante o encontro, o coordenador-geral de Acompanhamento de Projetos Industriais, Gustavo Igrejas, fez uma extensa explanação sobre o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM). Foram abordados aspectos como a trajetória histórica da ZFM, a política de incentivos fiscais, bem como dados de faturamento, exportações, mão-de-obra e a Feira Internacional da Amazônia (Fiam).

O presidente da Associação Comercial do Pará, Altair Corrêa Vieira, mostrou-se bastante otimista com relação aos resultados a serem alcançados com a vinda da comitiva ao Amazonas. Segundo ele, tratam-se de jovens empresários que atuam em diferentes setores e que vem alcançando excelentes resultados, por isso, dos planos de expansão de seus negócios.

De acordo com o presidente do Conjove, Neil Henriques, o interesse em estreitar os laços com o empresariado amazonense é grande e a expectativa é que surjam novas oportunidades de negócios em um breve espaço de tempo. Henriques comenta também que, durante a permanência da comitiva em Manaus, serão feitos contatos com a finalidade de buscar, futuramente, a implantação de um Conselho de Jovens, nos mesmos moldes do Conjove, no Amazonas que, ao lado do Amapá, são os únicos Estados da região Norte que ainda não possuem uma entidade com esse fim. À tarde, os empresários visitaram fábricas do Polo Industrial de Manaus (PIM).