Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Essilor completa 30 anos no Polo Industrial de Manaus

Notícias

Essilor completa 30 anos no Polo Industrial de Manaus

Para comemorar, empresa promoveu solenidade que contou com a participação da SUFRAMA, da cúpula da Essilor em Manaus, no Brasil e na América Latina, do governo do Amazonas, do consulado honorário da França em Manaus e da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas.
por Márcio Gallo publicado: 20/03/2019 18h12 última modificação: 20/03/2019 19h21

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) prestigiou, nesta quarta-feira (20), o evento promovido pela Essilor da Amazônia para comemorar os 30 anos da presença da empresa - fabricante de lentes oftálmicas - no Polo Industrial de Manaus (PIM). A autarquia foi representada pelo superintendente adjunto Executivo, Gustavo Igrejas, que destacou a atuação da Essilor na Zona Franca de Manaus (ZFM) como estando na vanguarda da tecnologia, o que favorece "a geração de centenas de empregos e contribui para a realização de investimentos vultosos nos últimos anos no Brasil".

A solenidade contou, ainda, com a participação da cúpula da Essilor em Manaus, no Brasil e na América Latina, do governador do Amazonas, Wilson Lima, do cônsul honorário da França em Manaus, Dominique Chevé, e do presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antonio Silva.

O diretor geral da Essilor Brasil, Sebastien Picot, disse que "milhões de brasileiros necessitam de lentes oftálmicas" e este é um fator fundamental para a empresa reforçar sua atividade no Brasil, o que incentiva o desenvolvimento industrial, uma vez que a indústria ótica é expressiva no País.

Wilson Lima agradeceu pela confiança da empresa em se instalar e investir na região. "Obrigado pela Essilor acreditar na Zona Franca de Manaus. Não apenas na geração de emprego e renda, mas também pelo apoio a projetos sociais e na construção de um futuro diferente, com destaque para a colaboração a uma instituição como a escola militar bilíngue português-francês", afirmou. O governador ainda destacou a sustentabilidade da empresa - que corrobora o fato do parque fabril manauara contribuir para a preservação de 97% da floresta nativa do Amazonas - e as tratativas com a SUFRAMA sobre a questão dos Processos Produtivos Básicos (PPBs) "com vistas a dar celeridade nas análises destes processos para garantir a competitividade e estimular investimentos na região".

O presidente da Fieam relembrou o trabalho realizado pela indústria, em conjunto com a SUFRAMA, para discutir os PPBs de forma a permitir a instalação de uma empresa fabricante de lentes óticas na Zona Franca de Manaus. "Este é um exemplo de investimento bem sucedido no Polo Industrial de Manaus. Engrandece o PIM e contribui para a economia do Brasil, com impacto positivo na geração de emprego e renda", disse Antonio Silva.

registrado em: , , , ,