Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estrangeiros conhecem modelo ZFM

Notícias

Estrangeiros conhecem modelo ZFM

Comitivas de Itália, Índia, Polônia e Japão estiveram na SUFRAMA para conhecer mais do modelo de desenvolvimento regional.
publicado: 17/09/2010 00h00 última modificação: 29/04/2016 15h44

Autoridades e empresários do exterior estiveram, esta semana, na sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) para conhecer a política de incentivos da região e as ações da autarquia, além de prospectar possibilidades de investimentos no polo industrial. Somente na quinta-feira, 16, três comitivas (Itália, Índia e Polônia) tiveram audiência com os dirigentes da Suframa e, na quarta-feira, 15, a autarquia recebeu uma missão empresaria japonesa organizada pela Japan External Trade Organization (Jetro).

Na quinta-feira, o embaixador da Itália no Brasil, Gherardo La Francesca, foi recebido pela superintendente da autarquia, Flávia Skrobot Barbosa Grosso, e tomou conhecimento das recentes missões da SUFRAMA àquele País na busca de novos investimentos. Em visita ao Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), La Francesca elogiou as instalações do CBA e destacou o interesse da Itália em contribuir com os brasileiros no sentido de descobrir como aproveitar a biodiversidade da Amazônia de forma sustentável.

O Embaixador da Polônia, Jacek Junoska Kisielewski, e o Conselheiro e Chefe do Departamento de Promoção Comercial e Investimentos daquele país, Krzysztof Gieranczyk, também foram recebidos pela superintendente Flávia Grosso, que fez uma retrospectiva histórica do modelo até a modernização do PIM. O embaixador afirmou que está empenhado em estreitar as relações comerciais entre a região e a Polônia, que segundo ele, lidera a produção de painel de LCD na União Europeia. Kisielewski também visitou as instalações do CBA.

Em audiência com o superintendente adjunto de Projetos, Oldemar Ianck, o encarregado de negócios da embaixada da Índia, ministro Vinod Sachdeva, falou sobre a ampliação das relações Brasil–Índia, em especial no que se refere ao comércio e novos investimentos.

Integrantes da missão empresarial do Japão, organizada pela Japan External Trade Organization (Jetro), também foram recebidos pelo superintendente adjunto de Projetos, Oldemar Ianck, que apresentou ao grupo as vantagens competitivas do polo, os incentivos fiscais do parque fabril e enfatizou a importância do PIM para a preservação de 98% da Floresta Amazônica no Estado do Amazonas. A realização da Copa do Mundo no Brasil em 2014 e a condição de Manaus como subsede foi um dos assuntos abordados durante o encontro. O tema tem despertado interesse dos japoneses pelo Brasil, assim como a realização das Olimpíadas em 2016, por se tratar de eventos que irão demandar investimentos significativos na área de infraestrutura e no setor de produção.

registrado em: , , , ,