Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes de Logística recebem palestra sobre Zona Franca de Manaus

Notícias

Estudantes de Logística recebem palestra sobre Zona Franca de Manaus

Alunos do Ifam foram orientados sobre os marcos regulatórios relacionados à ZFM, Amazônia Ocidental e Áreas de Livre Comércio, bem como os incentivos fiscais e as vantagens comparativas da região.
por Layana Rios publicado: 06/06/2019 14h38 última modificação: 06/06/2019 15h49

Os incentivos fiscais do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) e o funcionamento da Suframa em sua área de atuação – Amazonas, Roraima, Rondônia, Acre e Amapá – foram apresentados, nesta quarta-feira (6), para alunos do curso de Tecnologia e Logística do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam), durante uma visita técnica na sede da Autarquia.


Os alunos foram recebidos pelo coordenador-geral de Acompanhamento de Projetos Industriais, Flávio Ramos, que explicou os marcos regulatórios relacionados à Zona Franca de Manaus, Amazônia Ocidental e Áreas de Livre Comércio, bem como os incentivos fiscais e as vantagens comparativas, sobretudo, para as empresas que se instalam no Polo Industrial de Manaus (PIM) e a infraestrutura logística da região, alvo de interesse dos alunos.


Entre os questionamentos, estiveram o custo logístico, tanto em relação ao preço, quanto ao tempo para escoamento da produção, e por que alguns produtos produzidos no PIM acabam sendo encontrados em outras regiões do País com preços mais acessíveis do que em Manaus. Ramos explicou que existem as questões de mercado, com negociações de preço e volume de compra, que podem acabar barateando um produto em determinadas regiões. “O mercado vai criando seus mecanismos e as empresas também foram buscando as melhores alternativas para tentar vencer as dificuldades logísticas, seja utilizando os entrepostos, seja a partir do modal escolhido para a escoação da produção”, explicou.


Para a estudante Sara Feitoza, 16, que é natural de Pernambuco e está no primeiro período do curso, a palestra foi produtiva para entender mais sobre a história da ZFM. “A palestra tirou bastante dúvidas porque no curso aprendemos sobre a história geral do Amazonas, desde a época da borracha até a criação da Zona Franca, mas aqui pude ver mais a realidade e ter os incentivos mais detalhados, além da questão logística aqui ser um desafio em relação a outros estados”, afirmou.


O aluno do terceiro período, Derlan Rocha, 33, ressaltou a importância de se buscar formas de superar os gargalos logísticos do PIM. “Hoje, com a palestra, conhecemos mais sobre os incentivos e sabemos que a logística é um ponto que precisa ser trabalhado. Como futuros profissionais, queremos procurar soluções para melhorar essa logística e consequentemente melhorar a economia do nosso Estado e do País”, observou.


De acordo com a professora Giskele Luz, responsável pela turma, as visitas técnicas são fundamentais para que os alunos cada vez mais se integrem à realidade da região e conheçam as oportunidades do mercado de trabalho na área de atuação. “Já fomos à Infraero e estamos buscando viabilizar outras visitas a empresas de logística e fábricas do Polo Industrial”, afirmou.


Visitas
A Suframa recebe constantemente visitas de estudantes interessados em conhecer as vantagens comparativas do modelo Zona Franca de Manaus. Somente no mês de maio, a Autarquia recebeu alunos do curso de Direito das Faculdades Associadas de Ariquemes (FAAr), localizada em Rondônia (RO), do curso de Geografia da Universidade Estadual de Roraima (UFRR) e alunos de Business da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos.

 

registrado em: , , ,