Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Evento da indústria naval terá participação da SUFRAMA

Notícias

Evento da indústria naval terá participação da SUFRAMA

Objetivo é fomentar a indústria naval da Zona Franca de Manaus, buscando ampliar o desenvolvimento e as potencialidades do modelo de desenvolvimento regional.
por Márcio Gallo publicado: 04/08/2014 14h46 última modificação: 11/02/2016 18h49

Com o objetivo de fomentar a indústria naval da Zona Franca de Manaus (ZFM), buscando ampliar o desenvolvimento e as potencialidades do modelo de desenvolvimento regional, a Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) participará, entre os dias 12 e 14 de agosto, da 11ª edição da Navalshore Marintec South America - Feira e Conferência da Indústria Naval e Offshore. O evento, realizado no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro, vai reunir empresários, engenheiros, projetistas, compradores e demais interessados no segmento.

A SUFRAMA terá um estande de 40m², no corredor principal do evento, onde os visitantes poderão conhecer mais do modelo de desenvolvimento que leva benefícios socioeconômicos não apenas para a região da Amazônia Ocidental, mas para todo o País. No espaço, empresários da região terão a oportunidade de expor as potencialidades da indústria naval local, e assim buscar novos parceiros comerciais para alavancar o segmento.

Além de empresários locais, o estande também contará com técnicos da SUFRAMA que farão palestras e estarão à disposição para prestar esclarecimentos sobre os incentivos fiscais concedidos às empresas que pretendem se instalar no Polo Industrial de Manaus (PIM), bem como poderão informar sobre os principais segmentos econômicos, potenciais parceiros regionais e os benefícios em se investir na indústria naval do Amazonas, que está em fase de consolidação.

Divulgação
A participação da SUFRAMA no evento será coordenada pela Coordenação-Geral de Promoção Comercial (COGPC) e faz parte da missão da autarquia de promover e divulgar a Zona Franca de Manaus na busca pelo contínuo crescimento do modelo de desenvolvimento regional.

Com a promulgação da Emenda Constitucional que prorroga a ZFM por mais 50 anos, prevista para esta terça-feira (5) no Congresso Nacional, a expectativa é de que empresários e investidores nacionais e internacionais tenham maior interesse em se estabelecer na região, cuja segurança jurídica permitirá a realização de investimentos de longo prazo, possibilitando a geração de emprego e renda em um dos segmentos com maior potencialidade de expansão.