Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Exposição valoriza cultura amazônica

Notícias

Exposição valoriza cultura amazônica

“SUFRAMA – 42 anos” é o titulo da exposição aberta na noite desta segunda-feira (02), na praça central do Amazonas Shopping.
publicado: 03/03/2009 00h00 última modificação: 04/07/2016 16h04

“SUFRAMA – 42 anos” é o titulo da exposição aberta na noite desta segunda-feira (02), na praça central do Amazonas Shopping, que marcou o início das comemorações de mais um aniversário do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) e da SUFRAMA (Superintendência da Zona Franca de Manaus). Participaram da solenidade de abertura representantes de entidades parceiras, políticos e outras autoridades.

Constituída por seis grandes painéis produzidos a partir da técnica de desenho artístico conhecida como naif, a mostra retrata o homem amazônico como personagem principal e sua estreita relação com a natureza de forma integrada ao modelo Zona Franca de Manaus. O mesmo conceito é usado na nova programação visual adotada pela autarquia e de acordo com o superintendente em exercício da Zona Franca de Manaus, Oldemar Ianck, trata-se de uma feliz escolha visto que demonstra as ações da autarquia na condição de gestora da Zona Franca de Manaus e seus reflexos no dia-a-dia da população local”.

Para expressar ao máximo a identidade cultural e características da população local nos personagens, foi realizada uma extensa pesquisa baseada nos traços físicos e psicológicos de pessoas da região. Recorrendo à tecnologia touch-screen, o público é convidado a interagir, participando da montagem de quebra-cabeças temáticos, retratando as ações desenvolvidas pela SUFRAMA em suas diferentes áreas de atuação, a partir de simples toques nos monitores. Ao todo, estão sendo disponibilizados 42 conjuntos de quebra-cabeças.

Como brindes aos visitantes, serão distribuídos quebra-cabeças com motivos apresentados na mostra. A visitação pode ser feita no horário de funcionamento do centro comercial. A exposição se estende até o dia 15 de março.

Tecnologia agrada ao público
Os painéis interativos, constituídos por monitores sensíveis ao toque, agradaram o público que compareceu à solenidade de abertura. Crianças, jovens e adultos puderam se divertir durante a montagem dos conjuntos de quebra-cabeças e ao mesmo tempo, ficar informados sobre resultados alcançados pela autarquia durante os seus 42 anos de existência. “Não sabia que a SUFRAMA investe em pesquisas científicas”, comenta a aposentada, Lúcia Araújo, que na companhia de seu neto, Pablo Araújo Farias, de 8 anos, foi uma das primeiras a conseguir montar o quebra-cabeças em uma das telas.

Para a funcionária pública, Ester Salgado, que conseguiu bater o recorde (até aquele momento) de tempo de montagem do quebra-cabeça, no total foram três minutos e 20 segundos, além da tecnologia propriamente dita, outro atrativo foram os painéis que retratavam a paisagem amazônica.