Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Expositores da Amazônia buscam ampliar negócios durante a Naturaltech 2012

Notícias

Expositores da Amazônia buscam ampliar negócios durante a Naturaltech 2012

Expandir os negócios para outros Estados e incrementar as vendas é a meta dos micro e pequenos empresários que participam da 8ª Naturaltech.
por Layana Rios publicado: 25/05/2012 00h00 última modificação: 21/03/2016 16h52

Expandir os negócios para outros Estados e incrementar as vendas. Essa é a expectativa da maioria dos 12 micro e pequenos empresários que participam até domingo (27) da 8ª Feira Internacional de Alimentação Saudável, Produtos Naturais e Saúde – Naturaltech 2012, na Bienal do Ibirapuera, em São Paulo (SP). A participação conta com o apoio da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), em parceria com a Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) e o Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE),

Iniciada em 2005, a Naturaltech já se consolidou como uma das principais feiras de produtos naturais, segmentados em alimentação, saúde e beleza. Aberta ao público em geral, os visitantes podem ver, experimentar e conhecer os profissionais que trabalham com os produtos, além da oportunidade de negócios para os expositores, com os compradores interessados em fazer parcerias comerciais que também visitam a feira.

Quem já apresenta o resultado comprovado de parcerias é a Pharmakos D’Amazônia, que vem à feira pelo quinto ano consecutivo. O empresário Schubert Júnior conta que já abriu diversos pontos de distribuição a partir dos contatos firmados durante a Naturaltech. “Conseguimos parceiros de distribuição no Espírito Santo, Rio de Janeiro e todos os distribuidores em São Paulo foram obtidos a partir da feira”, diz.

Da mesma forma, a Arecaceae Biojoia, obteve todos os parceiros lojistas em São Paulo provenientes de contatos da Naturaltech. “É uma feira que traz resultado”, afirma Nelson Torres, proprietário da marca.

A presidente da Associação dos Artesãos do Estado do Amazonas (Associart), Marileide Costa, que trabalha com cerca de 100 artesãos de diversos municípios vizinhos a Manaus, ressalta a qualidade da feira. “É um público diferenciado, que tem outro conceito de vida, e isso faz a diferença na valorização dos nossos produtos por eles”, diz, ressaltando que há pessoas que voltam a cada ano para comprar produtos específicos dela. O mesmo acontece com a Hamonia Nativa, empresa de cosméticos que já fidelizou clientes na feira. “Queremos agora expandir cada vez mais”, diz a sócia-proprietária, Lauria Pinheiro.

Com a mesma proposta de expansão de negócios, estão as empresas de cosméticos Aroma Ativo e a Anauá Essências da Amazônia, que inclusive já está em shoppings de Manaus e quiosques de aeroporto em Recife, Fortaleza, João Pessoa e São Paulo. A Associação dos Produtores Agroextrativistas Colônia do Sardinha (Aspacs), de Lábrea, também pretende gerar negócios na distribuição de castanha e de óleos beneficiados pelos produtores da associação em outros estados brasileiros.

Eduardo Figueira, da Magia Amazônica, atenta para a importância do benchmarking em eventos dessa magnitude. “É a oportunidade de fazer uma análise de mercado e aproveitar para trocar informações”, aponta. Segundo ele, a expectativa da Magia Amazônica é de fechar negócios para expansão da marca no varejo aeroportuário. “Nossa meta é estar em todos os aeroportos das cidades sede da Copa de 2014”, afirma.

Seguindo a linha de pensamento de Eduardo, Graça Santos, da Complevida, especializada em complementos alimentares a base de fibras e produtos naturais, participa pela primeira vez da feira e já conseguiu vários contatos interessados em vender o produto dela em São Paulo. “Estou muito contente em participar, pois é uma troca de experiências muito boa”, diz.

O sucesso do óleo de avestruz de Rondônia também continua na Naturaltech. Produzido tanto para a fabricação de cosméticos, como para a culinária, como alimento funcional, o óleo é rico em ômega 3, 6 e 9 e possui propriedades terapêuticas. Este ano, a empresa foi licenciada pelo Ministério da Agricultura e apresenta na feira a linha cosmética, com massagens gratuitas aos participantes.

Novidades
Alguns lançamentos de produtos regionais podem ser apreciados no estande da SUFRAMA da Naturaltech. Um deles é a barra de cereais de castanha, guaraná e banana, produzida pela Licores da Amazônia, expandindo sua carta de produtos. Sonho concretizado da proprietária, Rita Queiroz, o sucesso da barra de cereais foi tamanho que ela já obteve contatos para distribuição em São Paulo. “Uma distribuidora conheceu meu produto aqui na feira e já demonstrou interesse em revendê-lo para academias”, disse.

Outra novidade é a jujuba de cupuaçu com magarataia, produzida pela Amazon Doces, empresa iniciada há mais de 15 anos, em Presidente Figueiredo, pelo casal Jane e Flávio Barros que atualmente conta com um mix de 48 produtos, entre bombons, geléias, biscoitos, doces e mini bolos, produzidos artesanalmente e com diversas frutas regionais.

Feira
A Naturaltech vai até domingo (27), das 11h às 20h, em paralelo com a Bio Brazil Fair – 8ª Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia. A entrada é gratuita, aberta ao público em geral. A SUFRAMA disponibliza um estande de 90 metros quadrados, equipado com balcões para cada expositor, além de uma sala para reuniões onde é possível o atendimento personalizado a empresário e investidores interessados em negócios.