Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Faturamento do parque fabril de Manaus supera expectativas

Notícias

Faturamento do parque fabril de Manaus supera expectativas

Eletroeletrônico/bens de informática, duas rodas e químico continuam sendo os setores de maior destaque.
publicado: 14/07/2008 00h00 última modificação: 20/07/2016 18h11

Nos primeiros cinco meses de 2008 os indicadores de desempenho do Pólo Industrial de Manaus (PIM) elaborados pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) mostraram um faturamento de U$ 12,22 bilhões e um crescimento de 28,48%, comparado com o mesmo período de 2007. Também houve crescimento das exportações, que foram de US$ 453,29 milhões, e de empregos diretos, que totalizam 102.136.

Eletroeletrônico/bens de informática, duas rodas e químico continuam sendo os setores de maior destaque. No período de janeiro a maio deste ano, o setor de eletroeletrônico/bens de informática faturou U$ 5 bilhões e teve um crescimento de 17,95%, comparado com o mesmo período de 2007. O segmento de duas rodas faturou U$ 3,51 bilhões contra U$ 2,29 bilhões do ano anterior, o que representa um crescimento de 53,04%. Já o setor químico, que tem como principal produto os concentrados para bebidas, apresentou faturamento de U$ 1,16 bilhão e aumento de 16,40%.

Minerais não metálicos (97,75% - que entre os principais produtos está o cimento, utilizado na construção civil), duas rodas (53,04%) e metalúrgico (42,04%) são os setores que apresentaram maior crescimento de faturamento, no comparativo dos primeiros cinco meses deste ano com os do ano passado. Também obtiveram incremento significativo os setores relojoeiro (38,06%), ótico (37,62%), isqueiros, canetas e barbeadores descartáveis (33,43%), papel e papelão (28,67%) e termoplástico (25,28%).

Dentre os principais produtos fabricados no Pólo, os que apresentaram maior aumento de produção, no período de janeiro a maio deste ano, são os televisores com tela de LCD. Foi registrado um crescimento de 244% em relação ao mesmo período do ano anterior e foram produzidas 688 mil de unidades contra 199 mil nesse período, em 2007. A produção de câmeras fotográficas digitais também registrou um acréscimo de 128% na produção. Até maio deste ano foram produzidas 524 mil câmeras.

Também merecem destaque a produção de aparelhos de telefones celulares, que voltou a ocupar um lugar significativo no ranking dos principais produtos com um crescimento de 54,10%, e a de CDs (compact-disc e cd-room), que apresenta um aumento de 50,64%, comparado com a produção dos cinco primeiros meses de 2007. A produção de auto-rádios teve um acréscimo significativo de 32,43%. A fabricação de motocicletas atingiu o marco de um milhão de unidades produzidas e um crescimento de 25,69%.

Exportações e Empregos Os indicadores de desempenho do PIM também confirmam a retomada de crescimento das exportações. De janeiro a maio deste ano, as vendas ao mercado externo somaram US$ 453,29 milhões, registrando um aumento de 23,76% na comparação com igual período de 2007, quando o volume de exportações atingiu US$ 366,27 milhões. Quanto ao número de mão-de-obra, o PIM contabiliza 102.136 mil empregos diretos em maio de 2008, tomando como base dados fornecidos por 403, das aproximadamente 500 empresas instaladas no parque fabril local, um incremento de 5.558 postos de trabalho.

 

registrado em: , ,