Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Faturamento do PIM aponta recuperação em maio

Notícias

Faturamento do PIM aponta recuperação em maio

Polo fechou o mês com US$ 1,980 bilhão, contra US$ 1,704 bilhão, registrados no mês anterior.
publicado: 10/07/2009 00h00 última modificação: 09/06/2016 14h58

O Pólo Industrial de Manaus (PIM) retomou a trajetória de crescimento gradual do faturamento, em maio, com alta de 16,19% sobre o desempenho de abril. Em maio, o PIM fechou o mês com US$ 1,980 bilhão, contra US$ 1,704 bilhão, registrados no mês anterior. O resultado permanece negativo na comparação com o montante de US$ 2,645 bilhões de maio do ano passado, uma queda de 25,14%. Convertido em reais, esse valor é de R$ 4,081 bilhões em maio deste ano, contra R$ 4,392 bilhões mês do ano passado, um decréscimo 7,08%.

Os indicadores de desempenho do PIM, divulgados pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) nesta sexta-feira, 10, apontam que o resultado de maio coloca o PIM de volta à tendência de crescimento na comparação mensal, que vinha sendo observado de janeiro a março, e foi interrompido, em abril, quando o faturamento recuou 2,35%. No acumulado do ano, as empresas do pólo registraram faturamento de US$ 8,228 bilhões, contra US$ 12,310 bilhões do mesmo período do ano passado, uma queda de 33,16%. Em reais, a queda foi de 12,82%, passando de R$ 21,042 bilhões, em 2008, para R$ 18,344 bilhões, em 2009.

As exportações do PIM acompanharam o desempenho do faturamento e cresceram 16,21%, no quinto mês do ano, alcançando US$ 60,497 milhões, enquanto os valores de abril ficaram em US$ 52,057 milhões. Em relação aos empregos, os dados da Suframa indicam estabilização com um recuo de apenas 0,73% entre maio e abril. Em maio, o PIM mantinha 86 mil postos de trabalho, enquanto existiam, em abril, 86,6 mil postos.

O faturamento do pólo de duas rodas se recuperou perante abril com uma alta de 5,82%. Em maio, o faturamento do setor somou US$ 453,34 milhões, enquanto o registrado em abril totalizou US$ 428,087 milhões. O setor eletroeletrônico também teve resultado positivo em relação a abril, com crescimento de 24,54%. As indústrias do setor somaram US$ 839,791 milhões, em maio, contra os US$ 674,314 milhões registrados no mês anterior.

Produtos
Os dados dos Indicadores de Desempenho do PIM apontam alguns destaques como o segmento de CD e CD-Rom com crescimento de 58,59%, em relação ao mesmo período do ano passado. Em maio de 2008, a produção era de 44,7 milhões de unidades. Em maio desse ano, as indústrias do segmento produziram 70,9 milhões de CDs. Se comparado ao mês de abril, o crescimento foi de 41,4%.

A produção de televisor com tela de cristal líquido (LCD) teve uma alta expressiva de 41% em maio, comparado com o igual mês do ano passado. No período, a produção saltou de 210,2 mil unidades contra 149 mil unidades. No acumulado de janeiro a maio, a produção teve alta de 48,55% com 1,059 milhão de unidades contra 713,4 mil no mesmo período de 2008.

Os aparelhos de ar condicionado de janela e de parede também apresentaram alta de 28,81%, no período, com a produção saltando de 16,6 mil unidades para 21,5 mil unidades. No caso do aparelho de ar condicionado split, a produção conjugada (unidades evaporadoras e unidades condensadoras) teve crescimento de 98,73% no acumulado do ano com 21,8 mil unidades contra 10,9 mil unidades produzidas em todo o ano de 2008. Já na produção em separado das peças do split apresentou crescimento de 47,37%, de janeiro a maio, das unidades evaporadoras com 45,9 mil unidades, contra 31,1 mil do acumulado de 2008. No caso das unidades condensadoras foi registrada queda de 35,62% na produção com 48,3 mil unidades nos cinco meses de 2009, contra 75 mil unidades de janeiro a maio do ano passado.

A produção de câmeras fotográficas digitais saltou de 120,3 mil unidades para 125,2 mil unidades na comparação entre maio do ano passado com maio de 2009, um crescimento de 4,11%. No acumulado do ano, a evolução é de 37,86% com 667,1 mil unidades produzidas em maio, contra 484 mil máquinas digitas produzidas em maio do ano passado.

A produção de celular também vem apresentando crescimento gradual desde janeiro quando foram fabricadas 582,2 mil unidades, chegando a 1,966 milhões em maio, alta de 143%. Em relação a abril, quando foram produzidas 1,419 milhões de celulares, a produção de maio cresceu 38,55%. É caso também de motocicletas, motonetas e ciclomotores que vem crescendo mês a mês na produção. Em janeiro foram fabricadas 85,2 mil unidades chegando a 128,7 mil unidades em maio, crescimento de 51,03%. A produção de maio é 10,66% superior a de abril (116,3 mil unidades). No caso da produção de bicicletas o volume produzido cresceu 86,30% na comparação de maio (51,3 mil unidades) com janeiro (27,5 mil unidades). A produção que vinha crescente até março caiu em abril (27,1 mil unidades). Com a recuperação de maio, o crescimento sobre o mês anterior é de 89,19%.

Outro exemplo de crescimento mensal observado desde janeiro é o notebook que pulou de 16,4 mil unidades no primeiro mês do ano para 52 mil unidades em maio, registrando aumento de 216,31% e de 51,25% na comparação com abril (34,4 mil unidades). Também há evolução da produção no caso do home theater que, de janeiro a maio, teve alta de 15,53% sobre o acumulado dos cinco primeiros meses de 2008. De janeiro a maio de 2009 foram fabricadas 139, 9 mil unidades, contra 121 mil do acumulado do ano passado.

registrado em: , ,