Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Faturamento do PIM cresce 59% em cinco meses

Notícias

Faturamento do PIM cresce 59% em cinco meses

Os empregos diretos atingiram 99.302 vagas ocupadas em maio, crescimento de 13,46% sobre maio do ano passado (87.518) e mantiveram a estabilidade com uma pequena variação de 0,08%, ante abril (99.384).
publicado: 13/07/2010 00h00 última modificação: 29/04/2016 16h48

O faturamento dos cinco primeiros meses do Polo Industrial de Manaus (PIM) teve crescimento de quase 60% em relação ao igual período de 2009, comprovando o momento de recuperação das indústrias da Zona Franca. Os dados dos Indicadores de Desempenho do PIM divulgados pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) apontam aumento de 59,60% do faturamento com US$ 13,231 bilhões em 2010, contra US$ 8,290 bilhões de janeiro a maio de 2009. O resultado também supera o acumulado dos cinco meses de 2008, quando o faturamento somou US$ 12,272 bilhões.

Na comparação com maio de 2009 (US$ 1,999 bilhão), o faturamento do quinto mês de 2010 foi 44,55% superior, atingindo US$ 2,890 bilhões. Já a comparação com abril apresentou um leve recuo que não afetou a estabilidade do polo. No mês anterior, as vendas somaram US$ 2,898 bilhões contra US$ 2,890 bilhões de maio.

Os empregos diretos atingiram 99.302 vagas ocupadas em maio, crescimento de 13,46% sobre maio do ano passado (87.518) e mantiveram a estabilidade com uma pequena variação de 0,08%, ante abril (99.384). Para a superintendente da Zona Franca de Manaus, Flávia Skrobot Barbosa Grosso, os bons resultados tanto no faturamento quanto no emprego, desenham um cenário otimista para o segundo semestre. “O PIM segue sua trajetória de crescimento, superando o ano difícil que foi 2009 e recuperando a geração de empregos o que é muito importante”, destaca a superintendente.

Setores
O segmento Eletroeletrônico respondeu por 34,37% do faturamento com US$ 1,066 bilhão. No acumulado até maio, totaliza US$ 4,547 bilhões, um crescimento de 76,61% sobre o igual período de 2009. O de Duas Rodas correspondeu a 20,66% do geral com US$ 621,515 milhões e acumulado de US$ 2,733 bilhões, alta de 48,55% em relação aos cinco meses do ano passado. O segmento Químico (11,94% do faturamento global) somou US$ 284,278 milhões e em cinco meses, acumulou US$ 1,579 bilhão. O crescimento sobre janeiro a maio de 2009 foi de 57,86%.

Produtos
O televisor com tela de cristal líquido (LCD) que atingiu crescimento de 181,83% no acumulado de janeiro a maio, com 3,008 milhões de unidades contra 1,067 milhão do igual período do ano passado, refletindo a força da Copa do Mundo da África junto ao consumidor, além da gradual redução dos preços e da substituição dos aparelhos de tubo (CRT). A produção de unidades condensadoras de ar-condicionado split teve alta de 513,78% com volume de 297 mil unidades no acumulado. No igual período de 2009, a produção atingiu 48.390 unidades. O crescimento das unidades evaporadoras de ar split fabricadas no polo foi de 356,66% com 209,8 mil itens (2010) ante 45,948 unidades em 2009. A produção de motos acumulou, em cinco meses, 607.499 unidades, superando em 9,77% o resultado do igual período do ano passado (553.430). Em relação a maio do ano passado, a produção saltou de 128,6 mil para 142,7 mil motocicletas, motonetas e ciclomotores.

Exportações
As exportações do PIM cresceram 39,42% sobre os cinco meses de 2009. No período, as vendas para o mercado externo saltaram de US$ 311,239 milhões para US$ 433,952 milhões. O valor também é superior ao de maio do ano passado (US$ 60,952 milhões), chegando a US$ 91,041 milhões em maio deste ano. O crescimento é de 49,36%.

registrado em: , ,