Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Faturamento no PIM, acumulado até agosto, supera R$ 50 bilhões

Notícias

Faturamento no PIM, acumulado até agosto, supera R$ 50 bilhões

O mês de agosto encerrou com um total de 118.709 trabalhadores empregados, entre efetivos, temporários e terceirizados.
por Enock Nascimento publicado: 08/10/2013 17h10 última modificação: 18/02/2016 17h53

O montante de R$ 7,42 bilhões - o maior do ano e recorde histórico do mês de agosto - ajudou o Polo Industrial de Manaus (PIM) a atingir o faturamento acumulado de R$ 51,34 bilhões, o que representa um aumento de 10,04% em comparação à soma alcançada nos primeiros oito meses do ano passado (R$ 46,66 bi). Para se te uma ideia, o valor acumulado até agosto deste ano é maior que o apurado no ano inteiro de 2007 (R$ 49,63 bi) e 2009 (R$ 50,52 bi).

Em dólar, o faturamento de agosto foi de US$ 3.19 bilhões, possibilitando o faturamento somado de US$ 24.45 bilhões, incremento de 0,04% em relação ao mesmo intervalo de 2012 quando o acumulado foi US$ 24.44 bilhões.

Quanto à mão de obra, até o oitavo mês do ano ocorreram 36.016 admissões e 33.511 demissões, perfazendo o saldo de 2.505 vagas. O mês de agosto encerrou com um total de 118.709 trabalhadores empregados, entre efetivos, temporários e terceirizados. O valor representa -0,65% em relação a julho (119.487) e -1,96% ante agosto de 2012 (121.083). No acumulado do ano, a média mensal de empregos está em 118.170 postos.

Segmentos
Em comparação com o mesmo intervalo de 2012 o segmento de Bens de Informática se destaca entre os que apresentaram crescimento. O faturamento este ano está 48,35% maior em real e 34,62% maior em dólar que de janeiro a agosto do ano passado. Outros incrementos relevantes estão nos subsetores: Beneficiamento de Borracha (240,17% em real; 219,53% em dólar); Têxtil (46,42% em real; 33,91% em dólar) ; Mecânico (41,75% em real; 29,21% em dólar) e Produtos Alimentícios (41,65% em real; 28,61% em dólar).

Entre os que apresentaram redução, destaque para Duas Rodas (-3,51% em real; -2,68% em dólar) e Metalúrgico (-4,06% em real; -12,96% em dólar).

Produtos
O tablet segue como maior destaque do ano. A produção até agosto já atingiu a marca de 1.539.735 unidades. Apenas no oitavo mês do ano, foram fabricadas 204.538 unidades, aumento de 3,50% em relação ao que foi produzido em todo o ano passado (197.616).

Outro produto com marcas expressivas de manufatura é o de condicionador de ar. O tipo split teve aumento de produção de mais de 160% e ultrapassou a marca de 1,9 milhão de unidades. Já o tipo janela (ou de parede corpo único) teve incremento de 59,82%. Também aumentou a fabricação das unidades condensadoras para split em 116,48%. “A intervenção do governo, que aumentou as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o produto foi fundamental. No ano passado, o ar-condicionado estava com sua fabricação praticamente paralisada no Brasil devido à entrada no País do produto importado, através de corredores especiais de importação”, lembrou o superintendente da SUFRAMA, Thomaz Nogueira.

Também tiveram incremento relevante em relação aos oito meses de 2012 videogame (69,90%); aparelho portátil de gravação de áudio – tipo mp3, mp4 – (103,36%); lâminas e cartuchos (38,60%); televisor com tela de plasma (72,37%), receptor de sinal de televisão (14,57%); microcomputador desktop (18,36%), microcomputador portátil (38,55%) e blu-ray (419,92%).