Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Faturamento no PIM cresce 7,57% no trimestre

Notícias

Faturamento no PIM cresce 7,57% no trimestre

As empresas incentivadas do Polo Industrial de Manaus registraram, em março, um faturamento de R$ 6,26 bilhões.
por Enock Nascimento publicado: 10/05/2013 18h40 última modificação: 01/03/2016 16h53

As empresas incentivadas do Polo Industrial de Manaus (PIM) registraram, em março, um faturamento de R$ 6,26 bilhões. O que representa aumento de 10,16% ante o mês anterior (fevereiro) e 2,87% na comparação com março de 2012. No acumulado do ano, o faturamento chega a R$ 17,30 bilhões, um crescimento de 7,57% em relação ao primeiro trimestre do ano passado, até então o melhor desempenho para o período em moeda nacional.

Em dólar, o faturamento de março equivaleu a US$ 3.16 bilhões, representando queda de 6,86% em comparação com o mesmo mês de 2012. O acumulado, em moeda americana, nos primeiros três meses do ano foi de US$ 8.67 bilhões. Na comparação com o mesmo período de 2012, houve um recuo de 4,59%. A diferença pode ser explicada pelo fato do dólar, em 2013, ter se valorizado frente à moeda nacional 13,48% em janeiro; 14,83% em fevereiro e 10,44% em março (em relação aos mesmos meses de 2012).

Com relação à geração de empregos, março registrou 116.075 pessoas empregadas no PIM. Este número representa um recuo de 1,52% em relação ao mês anterior e de 1,84% em relação ao mesmo período do ano passado. Na média do ano, o PIM apresenta uma mão de obra de 117.693, com 12.363 admissões contra 11.857 demissões no somatório do primeiro trimestre do ano. O saldo de empregos em 2013, até março, segue positivo em 506 vagas.

Produtos
O destaque do ano no PIM é a produção de tablets. A soma da quantidade de aparelhos produzidos nos primeiros três meses deste ano já corresponde a quase o dobro de toda a produção do ano passado. Só em março deste ano, saíram do PIM 185.413 tablets. Em todo o ano passado a produção chegou a 197.616. Outros produtos do segmento de informática que também tiveram incremento em relação ao primeiro trimestre de 2012, foram os microcomputadores desktop (70,39%) e os microcomputadores portáteis (21,49%).

Também cresceu no período, dentre outros itens, a produção de televisores em cores (25,72%), videogames (15,86%), aparelhos de som portáteis (243,53%), condicionadores de ar tipo split (116,96%), câmeras fotográficas (15,51%) e aparelhos GPS (14,35%).

Entre os produtos com baixa na produção, destaque para o setor de Duas Rodas. Mesmo apresentando uma recuperação, mês a mês, este ano (de janeiro a março a produção já cresceu 12,43%), quando é feita a comparação com 2012 nota-se 22,72% menos motocicletas produzidas. Foram feitas 513.736 motos no primeiro trimestre do ano passado, contra 397.020 no primeiro trimestre de 2013.