Você está aqui: Página Inicial > Notícias > FIAM já tem 85% dos estandes reservados

Notícias

FIAM já tem 85% dos estandes reservados

Sétima edição da Feira está agendada para ocorrer entre os dias 27 a 30 de novembro.
por Enock Nascimento publicado: 16/07/2013 15h46 última modificação: 23/02/2016 10h59

A sétima edição da Feira Internacional da Amazônia (FIAM 2013) já está com 85% dos seus estandes reservados. Restam, assim, poucas unidades disponíveis para as empresas e entidades interessadas em participar do maior evento multissetorial da Região Amazônica, que está agendado para 27 a 30 de novembro, no Studio 5 Centro de Convenções, Zona Sul de Manaus.

De acordo com a Coordenação-Geral de Promoção Comercial (COGPC), departamento da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) responsável pela execução da Feira, empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) como a Moto Honda, Sony, Nokia, Samsung, Yamaha, Panasonic, BIC, entre outras, foram algumas das que reservaram espaço para participarem do evento. Os estandes disponíveis têm tamanho variando de 20 metros quadrados a 50 metros quadrados.

“Restam poucos espaços. Os interessados devem se apressar”, alerta o coordenador-geral de Promoção Comercial, Jorge Vasques, ressaltando que a Feira tem se consolidado como maior vitrine de exposição das potencialidades regionais e promovido a divulgação de oportunidades para negócios e cooperação nos nove Estados da Amazônia brasileira, bem como sua integração nacional e internacional. Os telefones da COGCP são: 3321-7259/7199.

A FIAM deste ano terá como slogan “Passe para o futuro”, referência à realização da Copa do Mundo FIFA 2014 – que terá Manaus como uma das 12 sedes – e à perspectiva de prorrogação da vigência do modelo Zona Franca de Manaus por mais 50 anos.

Realizada a cada dois anos, a FIAM é promovida pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), por meio da SUFRAMA, e tem como objetivos principais a atração de investimentos, promoção comercial de produtos e serviços da Amazônia Brasileira; a mostra de programas e projetos resultantes das políticas públicas para desenvolvimento socioeconômico sustentável; a promoção e identificação de parcerias público privadas; o estímulo a exportações; além do incremento do fluxo de turistas e viabilização de parcerias para o setor.

Além da exposição de produtos, a Feira apresenta uma programação ampla e variada, composta de rodadas de negócios e de turismo, jornada de seminários com temas estratégicos para o desenvolvimento regional e que visam difundir conhecimentos gerais sobre a Amazônia, bem como gerar subsídios para a orientação de políticas públicas.

Edição anterior
Em 2011, 382 expositores, em uma área total de 11,5 mil metros quadrados, apresentaram o que a Amazônia Brasileira oferece de melhor em termos de investimento. A Rodada de Negócios, realizada em parceria com o SEBRAE-AM, gerou US$ 13 milhões a curto prazo, e teve a participação de 136 empresas ofertantes e 26 empresas compradoras; a Jornada de Seminários apresentou 14 temas estratégicos para o desenvolvimento sustentável teve a participação de 1,5 mil inscritos; a Rodada de Negócios de Turismo reuniu 22 compradores de serviços e 38 fornecedores; e o Pavilhão Amazônia – espaço destinado para a promoção e comercialização de produtos regionais – contou com a participação de 116 expositores.

registrado em: , ,