Você está aqui: Página Inicial > Notícias > II Corrida Pedestre Ruy Lins atrai 3 mil atletas

Notícias

II Corrida Pedestre Ruy Lins atrai 3 mil atletas

publicado: 20/10/2012 20h48 última modificação: 14/03/2016 11h12

Superação, sede de vitória, causas sociais e a busca de uma atividade saudável motivaram cerca de 3 mil pessoas a participarem da II Corrida Pedestre Ruy Lins, uma realização da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA). O evento esportivo ocorreu neste sábado, 20, na Avenida Ministro Andreazza, em frente à sede da autarquia, no Distrito Industrial. A largada foi dada às 17 horas.

Participaram 1,5 mil corredores inscritos oficialmente que tiveram o controle do trajeto e chegada monitorado por chip, enquanto que os demais correram sem competir nas categorias oficiais. As categorias foram divididas entre homens e mulheres nos percursos de 3 Km (geral) e 6 Km (juvenil, de 14 a 17 anos; adulto, de 18 a 35; veterano, de 36 a 50; melhor idade, acima de 51; e paratletas, acima de 14 anos).

O superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Nogueira, fez questão de agradecer nominalmente a cada uma das instituições governamentais e empresas do Distrito Industrial que contribuíram para a realização da II Corrida Pedestre Ruy Lins. Ele ressaltou a importância do evento para estimular a integração da SUFRAMA com a sociedade e promover saúde e bem-estar da população. “Agradecemos a cada um daqueles que hoje participam dessa grande festa, querendo construir uma vida mais saudável. Isso não aconteceria sem o apoio de uma série de instituições e empresas, bem como da sociedade que acolheu o evento e do empenho dos servidores da SUFRAMA em sua organização. A todos nosso sincero agradecimento”, afirmou Nogueira. “A realização deste evento é muito importante. É uma satisfação poder contribuir com um projeto de melhoria da qualidade de vida da população”, complementou.

Com o tempo de 10 minutos e 45 segundos, Rafael da Mota, 16, foi o primeiro a cruzar a linha de chegada no percurso de 3 Km . Corredor há um ano, Mota disse que se preparou para o pódio, mas se surpreendeu com o primeiro lugar. Ele destacou a organização do evento que considerou “uma das melhores” dentre as competições da região.

Com discurso de campeã, Willy Sandra Nascimento da Silva, 26, comemorou o primeiro lugar na categoria feminino, 3 Km, com o tempo de 15 minutos e 2 segundos. “Me preparei para o primeiro lugar. Hoje mesmo acordei às 4h15 para treinar. Esse resultado foi trabalhado”, afirmou.

Para garantir o primeiro lugar na categoria 6 Km, juvenil, o atleta Lincon Aranha, 16, precisou puxar o ritmo na linha de chegada, mas o esforço valeu a pena. “Esse tipo de evento é importante para quem está se preparando como eu que pretendo competir em nível nacional no ano que vem”, disse. Ele completou o percurso em 21 minutos e 23 segundos. Na mesma categoria, no feminino, Vitória Verônica Moraes da Silva, 16, foi a segunda colocada com tempo de 40 minutos e 05 segundos. A atleta segue no ritmo dos pais, também corredores. “Ela é uma vencedora e chegou em primeiro no ano passado”, disse orgulhoso o pai, Valdemar Nascimento da Silva.

Correr é vida
Mesmo sem subir ao pódio, o oficial da Aeronáutica, Eduardo Honorato Gomes, 44, comemorava muito a participação na II Corrida Ruy Lins. “Eu comecei a correr após sobreviver a uma infecção de meningite, sem sequelas”, disse emocionado. Orientado pelos médicos a fazer atividade física para manter a resistência à doença, Gomes começou a correr e vem participando de várias competições em Manaus. “Vitória já é poder participar depois de quase morrer”, disse.

A conscientização quanto à importância da doação do sangue tem feito com que Sérgio Santos da Silva, 48, o “Zé Gotinha da Floresta”, começasse a correr em eventos desse tipo. “Já participei da meia-maratona do Rio de Janeiro (21 Km) e pretendo participar de outras como a São Silvestre de São Paulo”.

Como complemento ao treinamento de resistência do Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs), Naurimar Moreira, o “Surucucu” participou da corrida com a sua mochila de soldado da Selva com peso de 37 quilos. “Faço o treinamento duas vezes por semana e corro 55 Km em 14 horas”, afirmou.

Depoimentos
O ex-secretário municipal de Esportes e vereador eleito, Fabrício Lima, prestigiou pelo segundo ano a corrida realizada pela SUFRAMA. Em sua opinião, a iniciativa da autarquia deve servir como exemplo para que outros órgãos do poder público também tomem medidas semelhantes a fim de incentivar a prática do esporte e participar da qualidade de vida da população. “Estou muito feliz, pois este é o segundo ano em que a corrida acontece e ela entra no calendário de eventos esportivos da cidade de uma vez por todas”, disse Lima.

O gerente executivo da Yamaha Motors – uma das empresas que apoiaram a realização da corrida –, Genuir Piero San, destacou a motivação que a atividade física traz para o trabalho e para a vida de um modo geral. Para ele, a realização da corrida pedestre foi uma iniciativa de grande valia justamente para incentivar a sociedade a desenvolver práticas mais saudáveis. “As pessoas precisam estar motivadas, e o fato de a SUFRAMA estar patrocinando este evento, com colaboração de algumas empresas e instituições públicas, vem demonstrar preocupação e interesse com essa realidade. Temos que agradecer e apoiar essa iniciativa”, afirmou Genuir, que vestiu a camisa de atleta e liderou um grupo de aproximadamente 50 colaboradores da Yamaha que participaram da corrida.

O coronel Rômulo Azevedo, responsável pela Corrida Pedestre Tiradentes, realizada pela Polícia Militar e um dos grandes contribuintes para a efetivação do projeto da corrida Ruy Lins desde sua primeira edição, fez questão de parabenizar a todos – SUFRAMA, atletas, apoiadores – pela segunda edição do evento que, em sua visão, mais do que incentivar a prática do esporte, configurou-se como momento de congregação social em clima de muita descontração e alegria. “A primeira edição foi muito boa e hoje está ainda melhor. Todos estão de parabéns”, disse Azevedo, que fez questão de participar da corrida, mesmo ainda se recuperando de uma cirurgia na região do menisco. “Eu não poderia deixar de participar. É uma corrida muito legal e faz bem para a saúde.”

Paraatletas
Exemplos de superação também foram presenciados durante a II Corrida Pedestre Ruy Lins. , Empregando imensuráveis doses de esforço e determinação, cadeirantes e portadores de deficiência também foram destaques do evento e deixaram belos registros de como um evento como esse pode trazer saúde e harmonia para todos.

SUFRAMA
Servidores e colaboradores terceirizados da SUFRAMA também participaram em grande número. Acompanhados de familiares e amigos, aproximadamente 300 funcionários fizeram questão de correr e representar a instituição na grande festa em congregação com a comunidade amazonense.

Equipes
Diversas equipes que já concorrem tradicionalmente em corridas no Estado prestigiaram da II Corrida Ruy Lins. Participaram desta edição os grupos Caloi, Sony, Jabil, Amigos do E.B, Na Raça, Sérgio Esportes, Correios, LG Eletrônics, Equipe 3C, Assahi, Equipe Marco sobre Assessoria Esportiva, TV Amazonas, grupo Companhia de Corpos, Full Day e Run for Fun Manaus, entre outras.

Patrocinadores
O apoio de empresas do Polo Industrial de Manaus, como a Magistral, Rede Amazônica, Jabil, Whirlpool S/A, Prado Som Car, Yamaha, Caloi, Videolar, Garcia Veículos, Dafra, Rexam, Gráfica Amazonas, Nokia, Som Auto, Samsung e Sabão Premium, foi de primordial importância para a realização exitosa do evento. Há de se destacar, ainda, a colaboração de órgãos governamentais, dentre eles a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Estado do Amazonas, Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Federação de Atletismo, Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas (Cbmam) e Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej).


Resultado
Veja abaixo o resultado final por categorias da II Corrida Ruy Lins:

 

Percurso 3 KM

Masculino
1º Rafael da Mota Mendonça 10’45’’
2º Ricardo Soares Encarnação 11’01’’
3º José Carvalho de Lima 12’30’’

Feminino
1º Willy Sandra Nascimento e Silva 15’02’’
2º Maria de Fátima Hilarick 16’49’’
3º Maura Bentes 16’50’’

Percurso 6 KM

14 a 17 anos Masculino
1º Lincoln Aranha Ribeiro da Silva 21’23’’
2º Gabriel Henrique de Jesus Couto 24’03’’
3º Leandro Souza da Silva 29’44’’

14 a 17 anos Feminino
1º Cláudia Valéria Castro Lima 28’50’’
2º Vitória Verônica Moraes da Silva 40’05’’
3º Anne Caroline Sales de Souza 56’38’’

18 a 35 anos Masculino
1º Dionísio Cosme Cardoso 19’41’’
2º João Rosene Pereira Gaia 19’48’’
3º Nelinton Goes Nascimento 20’39’’

18 a 35 anos Feminino
1º Ciranilde Santos da Silva 23’32”
2º Márcia da Silva Magalhães 24’44”
3º Gelziania (tempo sob revisão)

36 a 50 anos Masculino
1º Jean de Souza Pereira 19’23”
2º João Pereira de Oliveira 21’37”
3º Frâncio Almeida Loyola 22’14”

36 a 50 Feminino
1º Glória Pereira Subieta 19’15”
2º Shirlane Maria V. Bezerra 20’07”
3º Lazinha de Jesus S. dos Santos 23’41”

Acima de 50 anos Masculino
1º Odivar Perez Fernandes 19’16”
2º Ramão Machado 22’54”
3º João Carlos Ferreira Campos 24’01”

Acima de 50 anos Feminino
1º Maria dos Santos Lima 28’23”
2º Maria de Nazaré dos Santos Barroso 29’16”
3º Eunice Figueiredo Pessoa 33’37”

Paratletas
1º Antônio Onório
2º Makson Ney
3º Alexandre Melo

registrado em: , ,