Você está aqui: Página Inicial > Notícias > II Feira do Polo Digital de Manaus busca debater sobre cidade inteligente

Notícias

II Feira do Polo Digital de Manaus busca debater sobre cidade inteligente

Abertura do evento, que ocorre entre os dias 15 e 17 de outubro, contou com a participação da Suframa, Prefeitura de Manaus, Governo do Estado, representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, entidades de classe, além de empresários, estudantes e demais interessados.
por Márcio Gallo publicado: 15/10/2019 17h14 última modificação: 15/10/2019 18h35

Nesta terça-feira (15) foi realizada a cerimônia de abertura da II Feira do Polo Digital de Manaus, evento do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus (Codese) que ocorre até o próximo dia 17, no Studio 5 Centro de Convenções. A solenidade contou com a participação da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Prefeitura de Manaus, Governo do Estado, representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), entidades de classe, além de empresários, estudantes e demais interessados.

Na ocasião, o presidente do Codese, Antônio Azevedo, afirmou que "o evento visa a proporcionar um ambiente de interação, network e negócios para todos os atores deste ecossistema. Para o Codese, esta é uma grande oportunidade de contribuir positivamente para o futuro de nossa cidade, transformando-a em exemplo de cidade digital e inteligente". Azevedo ressaltou que o trabalho realizado pelas câmaras técnicas da entidade buscam debater sobre projetos de Estado em prol da sociedade. O presidente do Codese ainda agradeceu à Suframa, "que vem capitaneando o redimensionamento do nosso modelo de desenvolvimento (Zona Franca de Manaus)".

O superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, afirmou que a Autarquia "está trabalhando juntamente com toda a comunidade aqui presente para desenhar o futuro que nós, amazônidas, merecemos. Com apoio de todos desenvolveremos o polo digital de Manaus". Menezes ainda destacou que "esse evento traz o conceito de fortalecimento do nosso Polo Industrial de Manaus, tendo em vista esse momento pelo qual o País passa, de transformação, o que contribui para o debate acerca de novos vetores econômicos".

Em uma breve palestra realizada ainda durante a cerimônia de abertura da Feira, representantes do MCTIC destacaram o alinhamento da proposta do evento com a realidade atual brasileira, com a chamada transformação digital que vem sendo percebida por meio de levantamentos do governo federal, que comprovam avanços significativos na cobertura de telefonia móvel, Internet e demais tecnologias que favorecem avanços socioeconômicos por todo o País.

A Feira
Com o tema "Manaus Inteligente", a segunda edição do evento tem por objetivo reunir os atores do ecossistema de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) na região para discutir conceitos e soluções para uma cidade inteligente. O local conta com mais de 50 estandes de Institutos Públicos e Privados de Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs), Empresas de TI, Startups, Universidades, Incubadoras, Aceleradoras, Instituições, Agências e Associações de apoio ao Ecossistema de Inovação Digital de Manaus. Além disso, terá arenas de negócios e palestras com foto em temas como Indústria 4.0, tecnologias emergentes e empreendedorismo, dentre outros.