Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Indústrias do PIM registram faturamento de R$ 86,7 bi até outubro

Notícias

Indústrias do PIM registram faturamento de R$ 86,7 bi até outubro

De janeiro a outubro de 2019, as empresas do Polo Industrial de Manaus faturaram 11,57% mais que o mesmo período de 2018
por Layana Rios publicado: 03/02/2020 12h41 última modificação: 03/02/2020 16h26

O Polo Industrial de Manaus (PIM) obteve faturamento de R$ 86,78 bilhões entre os meses de janeiro e outubro de 2019, com crescimento de 11,57% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Em moeda nacional, este é o melhor registro já apurado no parque industrial manauara. Em dólar, o faturamento de janeiro a outubro totalizou US$ 22.14 bilhões (crescimento de 3,17%). Os dados são dos Indicadores de Desempenho do PIM, disponível no site da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

Os segmentos com maior percentual de crescimento, quando comparados ao mesmo período de 2018, são: têxtil, com crescimento de 74,79% e faturamento de R$ 143,31 milhões; metalúrgico, com crescimento de 38,51% e faturamento de R$ 6,59 bilhões; produtos alimentícios, que cresceu 34,52% e faturou 350,03 milhões; e mecânico, com crescimento de 32,68 % e faturamento de R$ 5,01 bilhões. Os dois maiores segmentos do PIM – eletroeletrônico e bens de informática – faturaram, respectivamente, R$ 22,23 bilhões e R$ 16,22 bilhões de janeiro a outubro de 2019.

Entre os principais produtos com incremento na produção, destaque para aparelhos condicionadores de ar do tipo split, com 3,7 milhões de unidades produzidas e crescimento de 49,10%; aparelhos de barbear, com 1,6 milhão de unidades produzidas e crescimento de 42,69%; câmera fotográfica digital, com 82 mil unidades produzidas e crescimento de 28,41%; bicicletas, com 821,9 mil unidades produzidas e crescimento de 22,38%; auto-rádio e aparelhos reprodutores de áudio, com 1,9 milhão de unidades produzidas e crescimento de 17,95%; e forno microondas, com 3,1 milhões de unidades produzidas e crescimento de 15,16%.

Empregos
Na geração de empregos, o PIM contou com 92.029 vagas ocupadas nas fábricas em outubro de 2019 - entre trabalhadores efetivos, temporários e terceirizados. Somadas às vagas geradas de janeiro a outubro, a média mensal de trabalhadores empregados no ano passado chegou a 88.797.

O superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, declarou que o crescimento de empregos no PIM - voltando ao patamar dos 90 mil postos de trabalho - e o melhor registro histórico de faturamento em real para o período são reflexos do intenso trabalho promovido pelo governo federal por meio de ações capitaneadas pelo Ministério da Economia. “A política econômica do País tem criado um ambiente favorável para que empresários e empreendedores possam realizar investimentos, o que permite gerar maior produtividade e, consequentemente, novos postos de trabalho. É isso que temos visto no Polo Industrial de Manaus, que, especialmente devido ao aumento da demanda do mercado interno, tem apresentado dados muito positivos e o fortalecimento de segmentos produtivos. O importante é garantir que esses resultados sejam consolidados e cada vez melhores", afirmou.