Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Investimentos aprovados na 276ª Reunião do CAS sinalizam recuperação da confiança na região e no País

Notícias

Investimentos aprovados na 276ª Reunião do CAS sinalizam recuperação da confiança na região e no País

Pauta com investimentos expressivos direcionados ao PIM e ao Distrito Agropecuário da SUFRAMA foi chancelada nesta sexta (21) no encontro presidido pelo ministro do MDIC, Marcos Pereira.
por Enock Nascimento publicado: 21/10/2016 18h57 última modificação: 21/10/2016 18h57

Os novos investimentos aprovados para o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) pelo Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS) em sua 276ª Reunião Ordinária, realizada nesta sexta-feira (21), no auditório da sede da autarquia, sinalizam uma retomada da confiança do setor produtivo na região amazônica e no Brasil. Essa foi a avaliação do ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Pereira, da superintendente da SUFRAMA, Rebecca Garcia, e de demais conselheiros e autoridades que estiverem presentes à reunião.

Os 27 projetos industriais e de serviços aprovados, sendo oito de implantação e 19 de ampliação, diversificação e atualização, com investimentos totais de US$ 1.194 bilhão e a geração de 1.280 empregos diretos no Polo Industrial de Manaus (PIM) em um período de até três anos, representaram a pauta mais expressiva em termos de investimentos e mão de obra entre todas as cinco reuniões do Conselho realizadas em 2016.

A reunião, presidida pelo ministro Marcos Pereira, contou também, na composição da mesa diretiva, com a participação da superintendente Rebecca Garcia, do governador em exercício do Amazonas, Henrique Oliveira, do deputado federal pelo Amazonas, Pauderney Avelino, do deputado federal por Rondônia, Lindomar Garçon, do deputado estadual Serafim Corrêa, do secretário municipal de Finanças, Ulisses Tapajós, e dos conselheiros representantes dos Governos dos Estados de Rondônia e Roraima, Pedro Teixeira e Evandro Santos, respectivamente.

Em seu pronunciamento, o ministro Marcos Pereira destacou a importância do CAS para a economia da região e reforçou sua disposição de estar presente às reuniões do Conselho. “O CAS é o local máximo da condução do modelo de desenvolvimento Zona Franca de Manaus devido à análise de projetos e investimentos da maior relevância. Por isso, quero reiterar o compromisso não apenas do MDIC, mas também meu compromisso pessoal de que sempre estarei presente às reuniões, salvo motivo de força maior como ocorreu na reunião passada”, disse, destacando que presidiu duas das três reuniões realizadas durante sua gestão.

O ministro também destacou o comprometimento do governo federal com a retomada do crescimento da região e do País e pontuou ações adotadas para melhorar o ambiente de negócios no Brasil. “Criamos no MDIC uma comissão para realizar um estudo sobre desburocratização. A ideia é desburocratizar tudo o que for possível”, frisou.

A superintendente da SUFRAMA, Rebecca Garcia, também avaliou como um sinal de recuperação da confiança do setor produtivo o volume de investimentos e empregos aprovado no CAS. “Ainda não podemos dizer que se trata de uma tendência, o fato é que a pauta desta reunião apresenta os melhores números do ano. Isso sinaliza a volta da esperança, o desejo de acreditar e apostar no País por parte dos investidores”, explicou.

Rebecca Garcia cumprimentou o ministro por se fazer presente ao ambiente do CAS e presidir as reuniões. “A sua presença no Conselho, ministro, dá outro tamanho e proporção à ZFM em relação ao País. Também quero reconhecer seu empenho em prol da celeridade na análise e homologação de vários Processos Produtivos Básicos (PPBs). Isso já está fazendo muita diferença nesse curto período da sua gestão”, disse.

A superintendente também destacou medidas adotadas no âmbito da autarquia tanto em prol do desenvolvimento regional quanto da modernização da gestão na instituição. “A aprovação do Plano Diretor Industrial é uma clara sinalização neste sentido. Temos também outras ações, como Plano Logístico Sustentável, Política de Atendimento ao Cidadão, estruturação da Ouvidoria, revisão de marcos regulatórios, reabertura do posto da SUFRAMA no aeroporto, aprovação de PPBs e Zona Franca Verde, que em seu conjunto demonstram uma preocupação da SUFRAMA com o desenvolvimento de todos os Estados inseridos em sua área de atuação e com a melhoria dos serviços prestados à sociedade”, disse Rebecca.

Distrito Agropecuário

Além de novos investimentos de aproximadamente US$ 1.2 bilhão para o Polo Industrial de Manaus, a 276ª Reunião do CAS também contou com a aprovação de um relevante projeto direcionado ao Distrito Agropecuário da SUFRAMA (DAS). Trata-se do projeto pleno de implantação da empresa Valfilm Amazônia Indústria e Comércio Ltda destinado ao cultivo de 500 hectares de dendê, com investimentos de R$ 21,9 milhões ao longo de cinco anos, que deverá gerar 75 postos de trabalho diretos. “Este investimento demonstra a oportunidade que temos com o Distrito Agropecuário de consolidar a diversificação da economia e a interiorização do desenvolvimento. Além disso, é um projeto que integrará a indústria e a agropecuária, a partir da obtenção da matéria-prima do óleo de palma, subproduto do dendê, para a fabricação de um polímero a ser empregado na planta da empresa no PIM para a produção de embalagens plásticas. Essa integração permite o adensamento da cadeia produtiva, o que é muito positivo para a economia regional”, detalhou a superintendente Rebecca Garcia.