Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Levorin quer produzir câmaras de ar em Manaus

Notícias

Levorin quer produzir câmaras de ar em Manaus

Empresa instalada no Amazonas já utiliza borracha natural da região para fabricar pneus para motos e bicicletas.
publicado: 28/06/2012 00h00 última modificação: 18/03/2016 16h45

Com a fábrica Neotec Ltda entrando no quarto mês de produção de pneus para motos e bicicletas, usando borracha natural da Amazônia, a Levorin estuda agora a fabricação de um novo item na planta do Polo Industrial de Manaus. “Estamos trabalhando para ter um Processo Produtivo Básico para câmaras de ar e esperamos em breve estar produzindo mais este produto”, disse o superintendente geral da Neotec, Auro Levorin, durante visita do ministro interino do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Alessandro Teixeira, e do superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Nogueira, à fábrica que fica no quilômetro 22 da AM-010.

Atualmente, a capacidade produtiva é de 660 mil pneus de bicicleta e 100 mil de motos por ano, atendendo modelos de até 125 cc, mas com projetos para, num futuro próximo, atender a todas as linhas produzidas no PIM. Alessandro e Thomaz conheceram todo o processo, desde a chegada da borracha natural até a saída do pneu acabado e o ministro mostrou disposição para, numa próxima viagem ao Amazonas, conhecer de perto o processo de produção do látex no interior do Estado. “Quero ver como funciona, ver este investimento na matéria-prima local, que é bom para o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva”, disse Alessandro Teixeira.

Assim como em alguns segmentos do polo Eletroeletrônico e do próprio produto final do polo de Duas Rodas, a fabricação de pneus também sofre concorrência de importados, em especial dos asiáticos. Mas, durante conversa com Auro Levorin, o ministro garantiu que o produto nacional conta com um grande aliado que deve usar sempre, o Instituto Nacional de Pesos e Medidas, Inmetro. “O produto nacional atende a especificações de segurança que outros não atendem. Acionem o Inmetro, usem o instituto, que vocês, com certeza, vão descobrir que possuem uma série de requisitos que a concorrência não tem e avançarão no mercado”, sugeriu Teixeira.

Ao final da visita, Alessandro Teixeira e Thomaz Nogueira passaram pelo depósito da empresa e, diante da quantidade de pneus em estoque, ouviram de Levorin que o polo de Duas Rodas sofreu queda na produção de motos este ano. “Sabemos disso e o governo está atuando forte nesta questão. Já houve a elevação do IPI para importados e recentemente conversei com o Alessandro sobre novas medidas e o Ministério vai ouvir representantes do setor nesta sexta-feira para encontrar uma solução para a questão, que devemos apresentar em breve”, adiantou o superintendente da SUFRAMA.

Antes de deixarem a fábrica, o ministro e o superintendente plantaram mudas de seringueira no bosque da empresa.

 

registrado em: , , ,