Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Medida do BC ajuda Polo de Duas Rodas

Notícias

Medida do BC ajuda Polo de Duas Rodas

Iniciativa permite à instituição financeira sujeita ao recolhimento do compulsório deduzir, do valor que deveria recolher, o saldo das operações para financiamento e arrendamento mercantil de motocicletas.
publicado: 14/09/2012 00h00 última modificação: 14/03/2016 16h59

O Banco Central (BC) aprovou nesta sexta-feira (14), em Brasília, a Circular 3.609, que reduz a alíquota do compulsório sobre depósitos à vista e a prazo, simplifica as regras e promove outras alterações, dentre elas uma que afeta diretamente o polo de Duas Rodas da Zona Franca de Manaus: a que permite à instituição financeira sujeita ao recolhimento do compulsório deduzir, do valor que deveria recolher, o saldo das operações para financiamento e arrendamento mercantil de motocicletas.

Na prática, isto significa um incentivo para a criação de linhas de crédito para motocicletas, a exemplo do que já acontece com financiamento e arrendamento mercantil de automóveis e de veículos comerciais leves desde maio. Quem quiser emprestar dinheiro para financiamento de Duas Rodas poderá abater, do valor que deve depositar como garantia para o Banco Central, o valor emprestado. Em outras palavras, o BC deixou mais "barato" para o banco oferecer financiamento para este tipo de veículo.

"É uma grande vitória para o setor de Duas Rodas, que buscava uma medida que ajudasse a reduzir a dificuldade que existe para financiar motocicletas. A crise que o setor enfrenta hoje é puramente de mercado, consequência da dificuldade em conseguir empréstimo para compra moto, onde de cada dez pessoas que tentam, apenas duas conseguem", lembra o superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Nogueira. "Esta medida do Banco Central é uma resposta do governo federal ao pleito do setor. Aliada ao desconto de 50% na Taxa da SUFRAMA para fabricantes e componentistas e ao desconto de 25% no ICMS da conta de luz oferecida pelo governo estadual, esperamos que contribua para a recuperação do polo que é dos mais importantes para o modelo", completou.

A expectativa da SUFRAMA é que a Circular do BC seja o primeiro passo na construção de uma solução de mercado para facilitar o financiamento de motos no Brasil, ajudando a reaquecer as vendas do setor e, consequentemente, a retomar a produção e os empregos no Polo Industrial de Manaus.

registrado em: , ,