Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Memorando Brasil-Itália prevê implantação de empresas de moto no PIM

Notícias

Memorando Brasil-Itália prevê implantação de empresas de moto no PIM

Documento foi assinado com a Associação Nacional de Produtores de Ciclo e Motociclos e Acessórios da Itália e o SIMEST, banco do governo italiano para apoiar as empresas que desejam investir no exterior.
publicado: 23/04/2010 00h00 última modificação: 03/05/2016 16h24

A Superintendente da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA,) Flávia Skrobot Barbosa Grosso, em conjunto com o Secretário Executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Ivan Ramalho, assinaram nesta quarta (22), no Ministério do Desenvolvimento Econômico da Itália, memorando de intenção para implantação de empresas de moto, peças e acessórios no Polo Industrial de Manaus (PIM), com a Associação Nacional de Produtores de Ciclo e Motociclos e Acessórios da Itália e o SIMEST, banco do governo italiano para apoiar as empresas que desejam investir no exterior.

Na palestra proferida no Ministério do Desenvolvimento Econômico da Itália, Flávia Grosso expôs sobre o modelo de desenvolvimento Zona Franca de Manaus e a política de incentivos que permitiu a consolidação de seu polo industrial, um dos maiores parques industriais das Américas, tanto em número de empresas quanto em volume de produção e que congrega indústrias de bens de alto valor agregado e intensivas de capital e tecnologia.

A Superintendente da SUFRAMA também participou da Reunião de Monitoramento do Comércio Bilateral Brasil-Itália, ocasião em que apresentou todo o trabalho que será desenvolvido na Região de Toscana, com apoio do SEBRAE do Amazonas, a fim de promover novas oportunidades de negócios ao empresariado de ambos países. A comitiva brasileira presente na missão conta com representantes da SUFRAMA, CIDE, SEBRAE-AM, FUCAPI, ADETUR, Órgãos Oficiais de Turismo dos Estados do Amazonas e Acre, além de representantes das micro e pequenas empresas de diversos segmentos da Região, que estarão à disposição para visitação em todos os dias da Mostra Internacional de Firenze, de 24 de abril a 2 de maio, das 10h às 23h, na Fortezza da Basso.

Informações Itália
Capital: Roma
Clima: predominantemente mediterrânica; Alpina no extremo norte, quente e seco no sul
População: 58.126.212 (est. julho 2009), 90% católica romana.
Idioma: Italiano
Fuso Horário: quatro horas a mais que o horário de Brasília, logo, cinco horas a mais em relação a Manaus. Como estão adotando neste período horário de verão, a diferença em relação a Manaus aumenta mais uma hora.


Perfil Econômico

Moeda: Euro

Comércio Exterior

Exportações: 369 bilhões de dólares (2009)

Principais Produtos: produtos de engenharia, têxteis e vestuário, máquinas de produção, veículos, equipamentos de transporte, produtos químicos, produtos alimentares, bebidas e tabaco, minerais e metais não-ferrosos

Principais Parceiros de Exportações: Alemanha 12,7%, França 11,2%, Espanha 6,5%, E.U.A 6,2%, Reino Unido 5,2% (2008)

Importações: 358,7 bilhões dólares (2009)

Principais Produtos: produtos de engenharia, químicos, equipamentos de transporte, produtos energéticos, minérios e metais não ferrosos, têxteis e vestuário, alimentos, bebidas e tabaco

Principais Parceiros de Importações: Alemanha 15,9%, França 8,5%, China 6,2%, Países Baixos 5,3%, Líbia 4,6%, Rússia 4,2% (2008)

Negócios com o Brasil: O saldo da Balança comercial do Brasil com a Itália nos últimos três anos variou muito pouco, sendo que em 2009 ele foi deficitário. Os produtos mais exportados em 2009, por ordem de valor, foram: grãos de café in natura, pasta química de madeira, grãos triturados e outros resíduos de soja, minérios de ferro, partes de aeronaves, couro bovino e suas carnes congeladas, solados de calçados em couro e plástico, gerando um valor de US$ FOB 3.016.154.168. Já os dez produtos mais importados da Itália por ordem de valor, foram: partes de automóveis pesados como tratores e carrocerias, óleos lubrificantes sem aditivos, válvulas esféricas, maquinas para empacotamentos, helicópteros, barcos a motor com motor fora-de-borda, caixas de marchas para veículos automotores, maquinas mecânicas de funções específicas e para aparelhos de terraplanagem, gerando um total de US$ FOB 3.663.535.579.

Negócios com a Região Amazônica: Amapá, Roraima e Roraima exportam significativo valor de couro de búfalo e de boi assim como grãos de soja, mas não em grande quantidade. O Amazonas é o que mais se faz mais presente nas exportações de gêneros beneficiados como motocicletas, além de madeiras.

A Itália é uma das cinco nações do mundo ocidental que dispõem de uma indústria aeronáutica completa e de uma ampla tecnologia espacial. É muito conhecida pelo turismo, cultura, música, comida e vinho.

PIB – Taxa de Crescimento Real: -4,8% (2009)

PIB – per capta - PPP: US$ 30.300 (2009)

registrado em: , ,