Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ministro do Paraguai garante apoio para negócios entre zonas francas

Notícias

Ministro do Paraguai garante apoio para negócios entre zonas francas

Representantes da Zona Franca de Manaus e da Zona Franca Global pretendem concretizar negócios mutuamente vantajosos.
por Enock Nascimento publicado: 22/10/2015 19h02 última modificação: 29/01/2016 11h09

O ministro da indústria e comércio do Paraguai, Gustavo Leite, e o governador do Alto Paraná, Lucho Zacarias, receberam comitiva amazonense em reunião envolvendo os representantes da Zona Franca de Manaus (ZFM) e da Zona Franca Global e prometeram apoio para a concretização de negócios mutuamente vantajosos. O encontro ocorreu nesta quarta-feira (22), na sede do palácio do governo do Alto Paraná, e fez parte da agenda da missão técnica idealizada para dar continuidade ao memorando de entendimento assinado em março (em Manaus) entre as duas zonas francas.

O titular do ministério da Indústria e Comércio ressaltou que o governo paraguaio dará todo o apoio para que um acordo entre as zonas francas se torne realidade, visando a uma complementação econômica. “Sabemos que se não houver, de fato, condições viáveis o empresário não investe e esses acordos não avançam. E para que isso ocorra é necessário que o governo libere o peso do Estado para o empresário investir. Creio que algo está se cozinhando entre as zonas francas dos dois países e acredito que o resultado será ótimo”, frisou Gustavo Leite.

O governador do Alto Paraná destacou que é uma política de governo facilitar os investimentos. “Estendemos tapete vermelho para quem quer investir e promover o bem-estar. É muito interessante essa possibilidade da Zona Franca de Manaus, que já está consagrada e possui um enorme sucesso internacional, firmar um acordo com a zona franca daqui (de Ciudad Del Este)”, afirmou Zacarias, ressaltando que tal projeto terá seu empenho.

Na pauta do encontro foi discutida a criação em Ciudad Del Este de um centro logístico e de armazenamento de produtos oriundos da ZFM. “A missão foi uma prospecção importante para futura distribuição de produtos da ZFM para os mercados do Paraguai e países vizinhos, que poderão ser abastecidos por meio de um entreposto na ZFG”, salientou o secretário executivo do desenvolvimento do Estado do Amazonas, Nivaldo Mendonça.

Uma das possibilidades comerciais mencionadas no encontro foi ressaltada pelo representante do segmento de Duas Rodas, Masanori Murakami: a introdução no mercado paraguaio de motocicletas menos poluentes (tecnologia bicombustível - flex), de maior eficiência e baixo consumo, e com incorporação de inovações de segurança. O ministro paraguaio destacou ainda a importância da renovação da frota por modelos com essas características.

“A frota de motocicletas do país é composta hoje de 1,5 milhão de unidades, com vendas anuais de 160 mil, sendo que nenhuma usa a tecnologia flex e essa tecnologia traz ganho de US$ 0,15”, frisou Leite, enfatizando ser muito bem-vinda para o Paraguai a chegada de qualquer inovação tecnológica e de produtos mais seguros.

Visita
Também fez parte da agenda da missão técnica, visita às instalações da ZFG cuja área total é de 400 mil metros quadrados. No local funcionam 50 empresas, sendo 11 delas indústrias. Em destaque, a japonesa Fujikura, que produz peças automotivas (chicote elétrico) para a Volkswagen e irá começar a atender a Renault, e a Emdep, de origem espanhola, fabricante de painéis de teste.

Comitiva
A comitiva amazonense no Paraguai é composta pelo analista da Coordenação Geral de Comércio Exterior da SUFRAMA, Arthur Lisboa; a coordenadora geral de Comunicação da SUFRAMA, Junha Januária; o secretário executivo do desenvolvimento do Estado do Amazonas, Nivaldo Mendonça; o secretário executivo adjunto de relações internacionais do Estado do Amazonas, Farid Mendonça; além de representantes da Moto Honda da Amazônia e da Andrade GC.

registrado em: , , , ,