Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Missão comercial de empresários da República Dominicana e Haiti para conhecer o modelo ZFM tem saldo positivo

Notícias

Missão comercial de empresários da República Dominicana e Haiti para conhecer o modelo ZFM tem saldo positivo

A finalidade dos empresários foi conhecer o potencial econômico do Estado, com destaque para a política de incentivos fiscais do modelo ZFM.
publicado: 07/06/2011 00h00 última modificação: 12/04/2016 16h07

Empresários da Republica Dominicana e do Haiti avaliaram positivamente a primeira etapa da missão comercial ao Brasil, que teve como ponto de partida a capital amazonense. Representantes da Federação Dominicana de Comerciantes e da Câmara de Comércio e Indústria do Haiti integram a missão comercial, coordenada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), com o apoio da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Governo do Estado do Amazonas e Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam).

A programação oficial da comitiva encerrou nesta terça-feira (07), com uma visita à sede da SUFRAMA. Na ocasião, o grupo estrangeiro foi recepcionado pela titular do órgão, Flávia Grosso, que agradeceu a presença da missão comercial na autarquia, responsável por gerenciar o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM).

A finalidade dos empresários foi conhecer o potencial econômico do Estado, com destaque para a política de incentivos fiscais do modelo ZFM. De acordo com o presidente da Federação Dominicana de Comerciantes, Ivan Garcia, o Brasil é a sétima potência do mundo e conta com grande desenvolvimento industrial e tecnológico, razão do interesse dos empresários dominicanos e haitianos em importar produtos industrializados e manufaturados fabricados no País.

A decisão de iniciar a missão comercial pelo Amazonas foi motivada pela relevância da Zona Franca de Manaus, considerada pelo presidente da Federação Dominicana de Comerciantes, como uma das mais importantes do mundo. “Queremos reafirmar as relações dos dois Países com o Brasil. Para isso, temos interesse não somente em fortalecer o vínculo comercial com Estados, como São Paulo e Amazonas”, afirma.

Ivan Garcia considerou positivo o saldo da missão comercial. O presidente da Federação destacou o interesse dos empresários que integram a comitiva em segmentos como Eletroeletrônico, madeira e móveis, cosméticos e construção civil e adiantou que a intenção é estabelecer vínculos de negócios de importação de produtos fabricados na Zona Franca de Manaus a partir da análise da competitividade dos produtos. “Identificamos várias áreas de interesse e vamos analisar todas as condições”, completou.

A comitiva segue para São Paulo e posteriormente para o Rio de Janeiro. Na segunda-feira (06), houve uma rodada de negócios entre os integrantes do grupo e empresários locais durante todo o dia, no Quality Hotel, na capital amazonense. A programação também incluiu a realização de palestras com representantes da SUFRAMA e do Governo do Estado sobre o modelo Zona Franca de Manaus.