Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Missão de negócios japonesa prospecta investimentos na ZFM

Notícias

Missão de negócios japonesa prospecta investimentos na ZFM

Esta foi a segunda missão de negócios promovida pela Agência Internacional de Cooperação Japonesa (JICA) no Brasil.
por Layana Rios publicado: 24/07/2013 17h25 última modificação: 19/02/2016 16h08

O superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Nogueira, recebeu nesta quarta-feira (24), no auditório da SUFRAMA, uma comitiva de empresários integrantes da segunda missão de negócios promovida pela Agência Internacional de Cooperação Japonesa (JICA) no Brasil. De acordo com a representante da JICA, Yumiko Iwanaga, a missão é composta por 14 empresas japonesas e uma local, com o objetivo de fazer um estudo do mercado de Manaus visando expandir os negócios com o mercado brasileiro.

Acompanhado do superintendente-adjunto de Projetos, Gustavo Igrejas, Nogueira fez uma apresentação sobre os incentivos fiscais concedidos na Zona Franca de Manaus (ZFM), além da importância socioeconômica e ambiental do modelo para o desenvolvimento da Amazônia Ocidental. “Ao oferecer uma alternativa econômica que não necessita da derrubada da floresta, o modelo ZFM ajudou a manter 98% da vegetação do Amazonas preservada”, apontou.

O superintendente salientou a participação japonesa no Polo Industrial de Manaus (PIM), onde estão instaladas aproximadamente 50 empresas do país, com destaque para as empresas do Polo de Duas Rodas. Iwanaga explicou que a comitiva, que já passou por São Paulo e pelo Peru, se surpreendeu com o grande número de estrangeiros em Manaus e especialmente como a sociedade japonesa tem contribuído para a região.

Infraestrutura
Nogueira apresentou ainda a logística do PIM, tanto para a aquisição de insumos, quanto para o escoamento da produção. “Nossos principais insumos vêm da Ásia, por meio de navegação de longo curso, via canal do Panamá. Também recebemos insumos por via aérea, por meio de centros de distribuição em Los Angeles e Miami (EUA)”, explicou.

Durante o encontro também foi esclarecido como é feita a aquisição de terrenos no Distrito Industrial de Manaus e o que é o Processo Produtivo Básico (PPB) - exigência mínima de produção com conteúdo local para que a empresa acesse aos benefícios fiscais da ZFM.

Para finalizar, o superintendente convidou os empresários a participarem da VII Feira Internacional da Amazônia (FIAM), que ocorrerá em novembro deste ano, no Studio 5 Centro de Convenções. Yumiko, em nome da comitiva, agradeceu a atenção dada pela SUFRAMA e reforçou o interesse dos japoneses em estreitar as parcerias de negócios com o PIM.

registrado em: , , ,