Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Missão Peru no Amazonas discute oportunidades bilaterais de negócios

Notícias

Missão Peru no Amazonas discute oportunidades bilaterais de negócios

Durante o encontro, os corredores interoceânicos Norte e Sul foram apresentados como oportunidades na questão logística.
por Layana Rios publicado: 17/11/2015 16h22 última modificação: 28/01/2016 12h29

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) participou, nesta terça-feira (17), de um encontro bilateral da missão Peru no Amazonas, realizada pelo Ministério de Comércio Exterior e Turismo do Peru, no hotel Caesar Business, em Manaus. O evento contou, ainda, com a participação do Governo do Amazonas, da Federação das Industrias do Estado do Amazonas (Fieam), investidores e empresários – peruanos e brasileiros – das áreas de comércio, navegação e logística.

Durante o evento, a superintendente da SUFRAMA, Rebecca Garcia, destacou a potencialidade em relação ao comércio bilateral dos países. “O Peru é o nosso país-irmão vizinho que hoje vive um bom momento na sua economia e podemos avançar não somente na relação comercial, mas também nas trocas de experiências. Penso que isso cria uma janela de oportunidades”, afirmou.

A superintendente aproveitou a oportunidade para convidar todos os presentes para a VIII Feira Internacional da Amazônia (FIAM), que inicia nesta quarta-feira (18) e segue até sábado (21), no Studio 5 Centro de Convenções. “A Feira é o momento mais importante de exposição e de troca de experiências da SUFRAMA e do Polo Industrial de Manaus”, ressaltou.

No encontro, o vice-ministro do Comércio Exterior do Peru, Edgar Vásquez Vela, apresentou as oportunidades da aliança entre Peru e Brasil, sobretudo na questão logística, com o corredor interoceânico Norte, que liga o porto de Paita, no Peru, até a cidade de Manaus, no Brasil, passando por Yurimaguas e Tabatinga; e o corredor interoceânico Sul, que liga a capital peruana Lima a Manaus, por meio de Arequipa, Iñapai, Rio Branco e Porto Velho, levando cerca de 12 dias o trajeto.

O coordenador-geral substituto de Estudos Econômicos e Empresariais da SUFRAMA, Renato Freitas também realizou uma apresentação no evento sobre o modelo Zona Franca de Manaus. Entre os tópicos abordados, Freitas destacou os incentivos fiscais existentes, os indicadores do Polo Industrial de Manaus e questões logísticas para as empresas. “A Zona Franca de Manaus tem seus incentivos fiscais assegurados na Constituição Federal, o que permite ao empresário a segurança jurídica para seus investimentos na região”, afirmou.

Segundo informações do Escritório Comercial do Peru no Brasil, a missão Peru no Amazonas vai até o dia 20 de novembro. Um estande peruano estará na FIAM com a participação de 21 empresas do país.