Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Na ACA, Suframa reforça que união é fundamental para fortalecimento da ZFM

Notícias

Na ACA, Suframa reforça que união é fundamental para fortalecimento da ZFM

Cooperação dos representantes dos setores comercial, industrial e agropecuário - que compõem os vetores de atuação da Suframa - contribuirá com o modelo de desenvolvimento regional.
por Márcio Gallo publicado: 14/02/2020 15h37 última modificação: 14/02/2020 18h02

O titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Alfredo Menezes, representou a Autarquia durante a realização da 72ª Reunião Ordinária da Diretoria da Associação Comercial do Amazonas - Biênio 2019/2020, ocorrida na noite de quarta-feira (12), na sede da instituição. Na ocasião, o superintendente destacou que é preciso união entre os representantes dos setores comercial, industrial e agropecuário - que compõem os vetores de atuação da Suframa - para o fortalecimento da Zona Franca de Manaus (ZFM).

Estavam presentes no evento o presidente da ACA, Ataliba David Filho, o presidente da Fecomércio, Aderson Frota, o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas, Nelson Azevedo, e o presidente da Junta Comercial do estado (Jucea), Ênio Ferrarini, além de representantes do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus (Codese), Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL) e de empresas comerciais do Amazonas.

O superintendente da Suframa, que foi convidado para apresentar dados sobre a gestão e as ações da Autarquia com vistas ao fortalecimento do modelo de desenvolvimento regional, além de tratar dos temas em pauta afirmou que é preciso que todos atuem em conjunto para que a Zona Franca de Manaus possa enfrentar os desafios cotidianos e continuar a gerar benefícios à sociedade brasileira. "A Zona Franca não é somente indústria, como muitos costumam comentar. Temos aqui outros dois vetores que fazem parte do escopo de atuação da Suframa, que são o comércio e o agropecuário, e todos devemos nos unir para que se possa garantir o desenvolvimento socioeconômico do nosso País", disse.

Diretamente ao setor comercial, o titular da Autarquia afirmou que "precisamos que os entes do comércio nos coloquem demandas propositivas que possamos trabalhar de forma estratégica". A iniciativa, segundo Menezes, servirá para dar maior ênfase a este vetor que é tão importante para a sociedade, em especial na criação de postos de trabalho e geração de tributos.

Apoio
O presidente da ACA destacou que "a Suframa está recuperando essa função de ser uma agência indutora de desenvolvimento com a atual gestão". Esse reconhecimento levou os representantes da categoria a ratificar o apoio à atuação da Autarquia, como forma de garantir resultados positivos à Zona Franca de Manaus. "Na nossa reunião foi registrada a necessidade de união entre todas as entidades. É através dessa união que poderá ser mantido e consolidado o Polo Industrial de Manaus", pontuou Ataliba.

Outro destaque apresentado no encontro foi a relevância de se fomentar a diversificação da matriz econômica da região, em complemento ao que a Zona Franca de Manaus já proporciona, o que deve, segundo os presentes, contribuir para o fortalecimento de toda a cadeia produtiva local e garantir impactos socioeconômicos positivos na região.