Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Na Coreia, Suframa visita matriz de empresa instalada na ZFM

Notícias

Na Coreia, Suframa visita matriz de empresa instalada na ZFM

Ida ao país ocorre após participação da Autarquia na comitiva presidencial que visitou, inicialmente, Japão e China, e teve por objetivo estreitar as relações comerciais e atrair investimentos ao Brasil.
por Márcio Gallo publicado: 31/10/2019 16h38 última modificação: 31/10/2019 18h55

Após o convite da Presidência da República para acompanhar a comitiva presidencial à Ásia, cuja agenda oficial incluiu passagens pelo Japão e pela China, a fim de estreitar as relações comerciais e atrair investimentos ao Brasil, a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), representada pelo superintendente Alfredo Menezes, visitou nesta semana a Coreia do Sul, onde estão localizadas as matrizes de algumas empresas instaladas na Zona Franca de Manaus (ZFM).

Na oportunidade, o titular da Autarquia visitou a sede da Samsung, onde conheceu diversas iniciativas da empresa, dentre as quais o Museu de Inovações e a Nanocidade, onde são realizados experimentos visando à busca de novas tecnologias com vistas a aprimorar o mercado de eletroeletrônicos.

"Nosso intuito ao vir para a Coreia, atendendo a convites de empresas do país que estão instaladas na Polo Industrial de Manaus, é de ampliar o relacionamento com os dirigentes das empresas e fomentar a troca de experiências para atrair investimentos para nossa região e para o Brasil. Além disso, reforçamos as garantias constitucionais do modelo Zona Franca de Manaus, que já é reconhecido em todo o mundo. Não à toa grandes players do mercado mundial têm plantas fabris no parque industrial manauara", afirmou Alfredo Menezes.

A agenda internacional da Suframa se encerra nesta semana e, segundo o titular da Autarquia, foi bastante produtiva. "Atingimos os objetivos principais desta agenda, que era fortalecer a marca Zona Franca de Manaus junto a empreendedores, investidores e representantes governamentais de países da Ásia, que sabem dos benefícios ofertados na nossa região e têm interesse em expandir suas atividades no Brasil, especialmente com a melhora no cenário econômico brasileiro", disse Menezes.

registrado em: , ,