Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Na Fieac, Suframa debate diretrizes em prol do desenvolvimento regional

Notícias

Na Fieac, Suframa debate diretrizes em prol do desenvolvimento regional

Durante reunião extraordinária das Câmaras Técnicas do Fórum Permanente de Desenvolvimento do Estado, Autarquia debateu temas de relevância para a Suframa, para o Acre a para a Zona Franca de Manaus.
por Márcio Gallo publicado: 29/07/2019 17h23 última modificação: 29/07/2019 18h26

Durante reunião extraordinária das Câmaras Técnicas do Fórum Permanente de Desenvolvimento do Estado do Acre, realizada na sede da Federação das Indústrias do Estado (Fieac) na última semana, a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) - representada pelo superintendente adjunto de Operações, Luciano Tavares, e pela coordenadora regional de Rio Branco, Maria Thereza Alves - se fez presente e discutiu temas de relevância para a Autarquia, para o Acre e para toda a região coberta pelo modelo Zona Franca de Manaus (ZFM). O evento contou, também, com o vice-presidente da Fieac, João Paulo Pereira, que coordenou o encontro.


Na oportunidade, Luciano Tavares apresentou as prioridades estratégicas da Suframa para os próximos quatro anos e debateu sobre as diretrizes da atual gestão da Autarquia, que vem tendo articulação direta com o governo federal e com as bancadas federais dos Estados da área de atuação da Suframa (Acre, Amazonas, Amapá, Roraima e Rondônia) com vistas a fortalecer a região e, consequentemente, o País. "Sabemos que a Zona Franca de Manaus contempla Polo Industrial de Manaus (PIM), Distrito Agropecuário, Áreas de Livre Comércio (ALCs) e muitas outras atividades. E tudo isso resulta em avanços socioeconômicos que se refletem não apenas na área de abrangência deste modelo de desenvolvimento regional, mas por todas as regiões do País", disse.


O superintendente adjunto de Operações ainda comentou sobre a importância de se ampliar o conhecimento sobre o modelo ZFM por todos os Estados, uma vez que ainda há investidores e empreendedores que não detêm pleno conhecimento sobre os incentivos administrados pela Suframa e sobre as regiões contempladas por estes benefícios. "É preciso buscar expandir o alcance destas informações para que haja mais projetos, novos investimentos e maior desenvolvimento. Toda equipe técnica da Suframa está à disposição para colaborar neste sentido e tenho certeza que podemos contar com o apoio de entidades parceiras para aumentarmos o alcance de nossas ações, pois esta é uma política de ganha-ganha", afirmou.


O vice-presidente da Fieac, João Paulo Pereira, elogiou a disponibilidade da Suframa em se prontificar a debater temas de relevância e pôr em prática ações que visem a atender as demandas do setor produtivo acriano. “Agradeço a todos os presentes nesta importante reunião. Temos visto boa vontade, por parte da Suframa, para que nossas demandas sejam solucionadas. Essas ações, pautadas tecnicamente e por pessoas comprometidas, certamente terão os resultados que desejamos”, frisou.

registrado em: , ,