Você está aqui: Página Inicial > Notícias > NATURALTECH 2008 termina com excelentes resultados para as empresas amazônidas

Notícias

NATURALTECH 2008 termina com excelentes resultados para as empresas amazônidas

Os negócios realizados superam em mais de 50% os do ano passado.
publicado: 05/05/2008 00h00 última modificação: 22/07/2016 12h28

Dar continuidade nos negócios iniciados na 4ª NATURALTECH é a maior expectativa dos expositores do estande da SUFRAMA, que participa da feira pela terceira vez. Empresas como a Pharmakos, Etnia Amazônia, Oiram, Rita Prossi e Cooperativa do Avestruz, já tiveram essa experiência. Para os empresários a oportunidade de fortalecer a marca dos produtos, fazer novos contatos e a expectativa de gerar negócios de exportação são os principais motivos de participar de feiras como a NATURALTECH, a maior feira nacional de produtos orgânicos.

As empresas que participaram do estande da SUFRAMA consideraram esta edição da feira melhor do que a última, ocorrida em 2007. Os negócios realizados superam em mais de 50% os do ano passado.

Este ano, uma das novidades do estande institucional da autarquia são as bolsas e sapatos produzidos com couro de peixe e fibras naturais, da empresa Grren Obsession. Aidson Ponciano, diretor da empresa, ficou surpreso com a aceitação do público. "Fizemos excelentes contatos com algumas empresas que demonstraram interesse em trazer os nossos produtos para São Paulo, e com outras que querem exportar a nossa matéria prima para outras regiões", explica Ponciano.

A Oiram Chocolates concluiu um negócio que expandirá a venda de seus produtos para o estado de São Paulo. Segundo o proprietário da empresa, Sr. Mário Fogaça, está em negociação para abertura franquias em Campinas e Guarulhos para, assim, alcançar com mais facilidade novos mercados consumidores. “As feiras ensinam a pensar de uma maneira mais abrangente, abrem novos mercados e geram oportunidade como essa”, esclarece o empresário.

Além das empresas amazônidas, a Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Mineração (SEICOM), do Amapá, participa do evento representando 15 instituições. Produtos como mel, cachaça, palmito, cereais, fubá de milho, farinha de tapioca e derivados do cacau e da castanha foram muito bem recebidos pelo público.

O estande da SUFRAMA tem a participação institucional da autarquia, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) do Governo do Estado do Amazonas, por intermédio da Secretaria de Planejamento do Estado do Amazonas (Seplan) e da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), do Governo do Estado do Amapá e do Ministério da Integração Nacional.

Promover o modelo ZFM e atrair investimentos para a Amazônia Ocidental, (Amazonas, Acre, Roraima e Rondônia, mais a Área de Livre Comércio de Macapá e Santana, no Amapá) e para o Pólo Industrial de Manaus, além de divulgar a IV Feira Internacional da Amazônia (FIAM), que acontecerá de 10 a 13 de setembro, no Studio 5 - Centro de Convenções em Manaus, são os objetivos principais da participação da SUFRAMA em feiras e eventos nacionais e internacionais.