Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Naturaltech mostra a força dos ativos da floresta

Notícias

Naturaltech mostra a força dos ativos da floresta

Parcerias possibilitaram a participação de diversas empresas regionais no evento, dentro do estande da SUFRAMA.
por Enock Nascimento publicado: 06/06/2014 15h39 última modificação: 12/02/2016 16h46

Empresários interessados em produtos naturais buscam, constantemente, novidades oriundas do maior ecossistema do planeta - o bioma amazônico. Neste sentido, a 10ª Feira Internacional de Alimentação Saudável, Produtos Naturais e Saúde (Naturaltech 2014), que encerra neste sábado (7) no Ibirapuera, em São Paulo (SP), é uma oportunidade singular para promover o encontro de investidores com produtores da região amazônica. A SUFRAMA aposta neste potencial e tem incentivado a participação de micro e pequenas empresas regionais na Naturaltech.

Graças a parcerias estabelecidas nas edições anteriores, empresas como a Pronatus do Amazonas, Pharmakos D'Amazônia e Ômegas da Amazônia levaram ao estande da SUFRAMA – o maior do evento, com 120 metros quadrados e referência na concretização de negócios – representantes comerciais de outros Estados, como São Paulo e Goiás, para a revenda de seus produtos na Feira. “Minha empresa trabalha com venda direta, de porta a porta, e em toda Naturaltech consigo novos revendedores”, relata o proprietário da Aroma Produtos Naturais da Amazônia, Genilson Oliveira. Além da qualidade dos produtos, conta o empresário, muitos revendedores ficam empolgados em trabalhar com produtos oriundos da floresta.

Oliveira teve a ideia de abrir a empresa quando vendia confecções pelo interior do Amazonas e teve contato com comunidades ribeirinhas. Hoje, algumas delas são fornecedoras de matérias-primas de produtos como manteiga, óleos essenciais e extratos naturais. Ao todo, são mais de 80 produtos como sabonete de açaí, óleos de buriti, manteiga de cupuaçu, andiroba, copaíba, extrato de crajiru, barbatimão, entre outros. A Aroma também tem parcerias com cooperativas ribeirinhas que fornecem produtos artesanais feitos com ouriço de castanha e cesta de cipó titica, usados como adornos nos kits da empresa.

Indústria
os bons resultados inspiram até as indústrias. É o caso da Magama Industrial, empresa nacional localizada no Polo Industrial de Manaus, com foco na produção de ativos biológicos elaborados a partir de espécies vegetais da biodiversidade amazônica, aplicáveis aos segmentos de cosméticos, fitoterápicos, nutracêuticos, alimentos e bebidas, dentre outros.

Pela primeira vez na Naturaltech, a Magama está buscando angariar novos contatos com potenciais clientes e distribuidores. Segundo o diretor industrial, David Benarrós, um dos principais alvos são os importadores de polpa de açaí. O objetivo é oferecer o produto desidratado (pela técnica spray-dry), o que, além de não alterar a qualidade original do alimento, resultaria em ganhos logísticos, já que o comprador poderia adquirir quantidades e volumes maiores do produto. “Cerca de 80% da polpa é água”, argumenta Benarrós.

Apoio
A participação da SUFRAMA em eventos como a Naturaltech faz parte das ações de promoção comercial da autarquia, que tem como objetivo divulgar as potencialidades dos estados da Amazônia Ocidental e das Áreas de Livre Comércio de Macapá e Santana (AP), bem como atrair investimentos para a região. Na Naturaltech 2014, a autarquia federal apoiou a participação de 16 micro e pequenas empresas.

O estímulo à produção natural (sem utilização de agrotóxicos) faz parte das ações estratégicas da SUFRAMA, que visam contribuir para a conscientização e consolidação do conceito de desenvolvimento sustentável na região, fortalecer as cadeias produtivas locais, buscar melhores condições para o escoamento da produção, e também identificar e divulgar oportunidades de investimentos na região amazônica.

registrado em: , , ,