Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Obras de revitalização do DI terão monitoramento on-line

Notícias

Obras de revitalização do DI terão monitoramento on-line

As metodologias de fiscalização foram alguns dos temas abordados em reunião entre equipes técnicas da autarquia, Prefeitura Municipal de Manaus e Empresa AGC, ocorrida na manhã da última sexta-feira (11), na Sala das Adjuntas da SUFRAMA.
publicado: 15/08/2017 08h41 última modificação: 15/08/2017 09h50

As etapas das obras de revitalização das vias do Distrito Industrial (DI) serão acompanhadas e monitoradas também de forma on-line via Internet pelas equipes de fiscalização da SUFRAMA e Prefeitura Municipal de Manaus (PMM), por meio de módulo específico para o projeto na Plataforma do Sistema de Georreferenciamento do Município. As metodologias de fiscalização foram alguns dos temas abordados em reunião entre equipes técnicas da autarquia, PMM (Seminf e Semef) e Empresa AGC, ocorrida na manhã da última sexta-feira (11), na Sala das Adjuntas da SUFRAMA.

Segundo o coordenador geral de Desenvolvimento Regional da SUFRAMA, Vitor Lopes, a obra de Revitalização do Sistema Viário do DI será uma das primeiras no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e a primeira da SUFRAMA a ter monitoramento on-line desde as fases iniciais, uma significativa contribuição aos esforços de fiscalização e controle a cargo da PMM e da SUFRAMA. “Também planejamos criar um hotsite específico para essa obra que contará com a produção conjunta de informações das equipes da SUFRAMA e Prefeitura. É algo inovador e que vai garantir uma obra mais transparente e acessível ao controle social, inaugurando um novo capítulo na história da manutenção da infraestrutura do DI e da gestão de projetos de Desenvolvimento Regional apoiados pela autarquia”, explicou.

O superintendente da autarquia, Appio Tolentino, destacou a importância da intensificação da parceria entre a SUFRAMA e Prefeitura e o impacto do sucesso da obra. “A população, os empresários, todos estão aguardando com muita expectativa a realização das vias do Distrito Industrial. Trata-se de nosso cartão postal e que deve ser tratado com a importância que merece. Por isso, as equipes da SUFRAMA e da Prefeitura estão tratando esse projeto com a prioridade que ele exige”, explicou.

O prefeito de Manaus, em exercício, Marcos Rotta, enfatizou que a busca pela legalidade e transparência tem norteado as ações da parceria entre Prefeitura e SUFRAMA. “A sociedade toda está dizendo “agora vai” sobre as vias do Distrito Industrial. Não podemos deixar de corresponder e frustrar a esperança de todos”, ressaltou.

Apresentação
O engenheiro projetista da AGC, Fernando Fortes, fez uma apresentação técnica sobre as etapas da elaboração do projeto de engenharia da obra. A AGC é a empresa vencedora licitação municipal para elaboração do projeto de engenharia da obra.

Segundo Fortes, a empresa está realizando ações de avaliação das condições atuais do Sistema Viário, tais como: serviços de campo; levantamentos topográficos; cadastramento de redes (água, gás, infovias etc.); filmagens das vias, inclusive com uso de drones; cadastramento de panelas (buracos); levantamento visual contínuo; levantamento deflectométrico; avaliação objetiva do pavimento e sondagens/prospecção das camadas de pavimento até o subleito, dentre outras técnicas previstas nas normas do DNIT para esse tipo de obra.

Fortes também exemplificou os serviços de campo a serem executados como 80 aberturas de poços para coleta de amostras das camadas de pavimento nessa fase preliminar; 1.000 Medições de deflexão e 1.000 avaliações objetivas com cálculo de IGG, medição de flecha na trilha de roda, entre outras.

A empresa tem prazo para entregar um relatório preliminar no próximo dia 21. Segundo Fortes, na avaliação preliminar, a empresa vai prospectar as vias ou segmentos com necessidade de: fresagem e recapeamento; de substituição total da camada de rolamento; de substituição total da camada de rolamento e base; reparos profundos; implantação de drenos de pavimento; e reconstrução e/ou implantação de guias e sarjetas. E após os ensaios laboratoriais serão projetadas soluções individualizadas para cada via, respeitando sua localização e os tipos de fluxos de veículos que recebe, o que tende evitar super ou subdimensionamentos, e assim otimizar o uso do orçamento disponível para a obra, sem comprometer a qualidade das vias.

O projeto de engenharia representa a contrapartida da Prefeitura Municipal de Manaus (PMM) dentro do Termo de Compromisso nº 001/2016firmado com a SUFRAMA, em dezembro do ano passado, visando à transferência de R$ 150 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para obras de Revitalização do Sistema Viário do Polo Industrial de Manaus (PIM). Os recursos são oriundos da dotação orçamentária incluída no orçamento de 2016 pela Emenda Parlamentar nº 71040014.