Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Palestras sobre a ZFM atingem 1000 estudantes de escolas públicas

Notícias

Palestras sobre a ZFM atingem 1000 estudantes de escolas públicas

Ação busca integrar a SUFRAMA às instituições de ensino estadual.
publicado: 02/12/2011 00h00 última modificação: 29/03/2016 17h53

Em 2011, o projeto de divulgação do modelo Zona Franca de Manaus atingiu mais de 1.000 estudantes de nível médio da rede pública de ensino. Implantado pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) em 2004, o projeto contou este ano com a participação de 14 escolas. Cerca de 100 alunos das Escolas Estaduais Santana e Brigadeiro Camarão participaram nesta semana, da última palestra do projeto em 2011, realizada na sede da autarquia.

Durante a palestra, o coordenador-geral de Planejamento e Programação Orçamentária da autarquia, Emmanuel Aguiar, abordou sobre o histórico da ZFM, a área de abrangência da instituição, explicou sobre a política de incentivos fiscais da ZFM e apresentou os resultados históricos mais recentes alcançados pelo Polo Industrial de Manaus (PIM). Aguiar também tratou sobre as ações da SUFRAMA com foco em desenvolvimento regional, apontou os projetos prioritários definidos pela autarquia e chamou a atenção dos estudantes para os segmentos considerados de grande potencial no Estado, que deverão demandar grande contingente de mão de obra qualificada.

Para Aguiar, “esta foi uma ação que deu certo, mas que só foi possível acontecer e completar os seis anos de sucesso, graças à sensibilidade e ao apoio inicial da ex-superintendente Flávia Grosso, bem como à parceria com a Secretaria de Educação do Amazonas”. Como criador da ação e o primeiro a palestrar nas salas de aula das escolas públicas e particulares, o coordenador-geral externou a sua alegria por estar diante dos alunos, falando de ZFM, do futuro desse modelo e de sua importância na vida de cada um dos jovens, os quais estão em fase de preparação para o vestibular e prestes a iniciar a vida profissional.

A representante da Secretaria do Estado de Educação do Amazonas (Seduc), Rita Mara Avelino, que atua na Gerência de Ensino Médio, parabenizou a SUFRAMA pela iniciativa. Segundo ela, é de grande relevância na medida em que permite aos alunos envolvidos a oportunidade de conhecer a Zona Franca de Manaus, o funcionamento da própria SUFRAMA, assim como, sensibilizar os estudantes sobre a importância de buscar formação que permita alcançar futuramente cargos diretivos em empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM), organizações governamentais ou mesmo em outras esferas de atuação da sociedade.

Estudante do 3º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Santana, Flávia Moura, 16 anos, ficou satisfeita com o resultado da palestra que, segundo ela, possibilitou ampliar os seus conhecimentos. “Fiquei impressionada em saber por exemplo a área de abrangência da SUFRAMA”, comentou. Interessada em prestar vestibular para Arquitetura e Urbanismo, a também estudante do 3º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Santana, Larisse Machado, 17 anos, destacou como importante os investimentos da SUFRAMA na área de capital intelectual.