Você está aqui: Página Inicial > Notícias > PIM chega a R$ 30,7 bilhões em faturamento

Notícias

PIM chega a R$ 30,7 bilhões em faturamento

Foi registrado crescimento de 11,74% em relação ao período de janeiro a maio do ano passado (R$ 27,45 bilhões).
por Enock Nascimento publicado: 09/07/2013 17h49 última modificação: 23/02/2016 12h18

O Polo Industrial de Manaus (PIM) registrou, em maio, faturamento de R$ 6,61 bilhões. Os dados, parciais, representam aumento de 9,88% na comparação com maio de 2012 (R$ 6,01 bilhões), até então o melhor desempenho, em real, para o mês. No acumulado do ano, o faturamento chega a R$ 30,68 bilhões, crescimento de 11,74% em relação ao período de janeiro a maio do ano passado (R$ 27,45 bilhões). Em dólar, o faturamento de maio alcançou US$ 3.24 bilhões, representando acréscimo de 7,24% em comparação com o mesmo mês de 2012. O acumulado, em moeda americana, nos primeiros cinco meses do ano, foi de US$ 15.30 bilhões, aumento de 1,96% na comparação com o mesmo intervalo de 2012 (US$ 15.01 bilhões) – apesar da valorização de 2,46% do dólar frente ao real.

Quanto à mão de obra, o mês de maio encerrou com um total de 115.982 trabalhadores empregados, entre efetivos, temporários e terceirizados. O número é 1,02% menor que o registrado em maio do ano passado, quando 117.086 vagas estavam ocupadas, e 1,03% menor que o número de abril deste ano (117.101). No quinto mês do ano ocorreram 21.829 demissões e 21.121 admissões no Polo Industrial de Manaus. No acumulado do ano, a média mensal de empregos está em 117.686 postos.

Segmentos
Comparando o período de janeiro a maio de 2012 com o mesmo período deste ano, os segmentos que apresentaram maior crescimento do faturamento (em real) foram: Bens de Informática (43,17%); Mecânico (57,60%); Produtos Alimentícios (35,23%); Têxtil (39,77%); Beneficiamento de Borracha (448,43%) e Naval (21,26%).

Entre os que apresentaram queda, estão os setores Madeireiro (-15,92%); Vestuários e Calçados (-64,78%); e Duas Rodas (-7,06%).

Produtos
O destaque do ano no PIM segue sendo a produção de tablets. A soma da quantidade de aparelhos produzidos nos primeiros cinco meses deste ano (943.913 unidades) é quase cinco vezes maior do que a produção de 2012 inteiro. Somente no mês de maio, saíram do PIM 269.751 tablets. Em todo o ano passado foram 197.616 unidades.

Outros produtos que também tiveram incremento relevante em relação ao acumulado até maio de 2012 foram: televisor em cores (21,52%); televisor com tela de plasma (28,40%); receptor de sinal de televisão (12,97%); videogame (62,36%); aparelho portátil de gravação de áudio – tipo mp3, mp4 – (120,79%); condicionador de ar tipo split (139,59%); condicionador de ar tipo janela (42,47%); relógio de pulso e de bolso (15,52%); aparelho telefônico inclusive tipo porteiro eletrônico (15,21%); microcomputador desktop (54,36%) e microcomputador portátil (29,86%).