Você está aqui: Página Inicial > Notícias > PIM fatura aproximadamente R$ 5 bilhões em janeiro

Notícias

PIM fatura aproximadamente R$ 5 bilhões em janeiro

O primeiro mês do ano registrou a ocupação de 87.251 postos de trabalho, entre mão de obra efetiva, temporária e terceirizada, o que representa diminuição de 1,15% em relação ao mês imediatamente anterior.
por Enock Nascimento publicado: 16/03/2016 15h40 última modificação: 16/03/2016 16h35

No primeiro mês do ano, o Polo Industrial de Manaus (PIM) alcançou o montante de R$ 4,94 bilhões de faturamento, o que representa um decréscimo de 22,40% em relação a janeiro do ano passado (R$ 6,37 bilhões). Em dólar, o faturamento em janeiro foi de US$ 1.31 bilhão, significando queda de 45,78% na comparação com o mesmo mês do ano passado (US$ 2.41 bilhões). Na análise dos dois resultados, a relação cambial deve ser levada em consideração: entre janeiro de 2016 e janeiro de 2015, a moeda americana se valorizou em 43,12%.

As exportações do PIM totalizaram R$ 149,4 milhões em janeiro, indicando aumento de 14,32% ante igual mês do ano passado.

Ainda de acordo com os dados remetidos à Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) pelas empresas do parque fabril manauara, o primeiro mês do ano registrou a ocupação de 87.251 postos de trabalho, entre mão de obra efetiva, temporária e terceirizada, o que representa diminuição de 1,15% em relação ao mês imediatamente anterior (88.265 trabalhadores) e de 25,60% em relação a janeiro de 2015 (117.279 trabalhadores).

Avaliação
Na análise da superintendente da SUFRAMA, Rebecca Garcia, os indicadores atestam o quanto a Zona Franca de Manaus (ZFM) está sendo afetada pela crise econômica do País. Para ela, no entanto, o fato de o modelo ZFM já ter superado momentos conturbados ao longo de sua história inspiram otimismo e confiança na recuperação. “Crises fazem parte do ciclo econômico. A ZFM mesmo passou por crises muito piores. Com a abertura econômica, o nível de emprego anterior que era de quase 77 mil vagas (em 1990) chegou a apenas 37,7 mil postos de trabalho em 1993. Ainda assim, a ZFM superou aquela provação e saiu mais robusta. É o que vai acontecer com essa crise. Vamos vencê-la e sairemos dela ainda mais fortalecidos, confirmando a característica de resiliência do modelo”, observou.

Segmentos
O segmento Eletroeletrônico continua sendo o maior responsável pelo faturamento global do PIM, com 28,02% de participação. Depois vêm, respectivamente, os subsetores de Bens de Informática, com 17,14%; Químico, com 15,96%; e Duas Rodas, com 13,58%.

Na comparação com janeiro de 2015, os segmentos que apresentaram crescimento de faturamento, em real, foram: Naval (66,73%), Madeireiro (36,72%), Ótico (27,45%), Têxtil (19,70%) Relojoeiro (13,69%) e Metalúrgico (4,28%).

Produtos
Entre os produtos que registraram crescimento de produção entre janeiro de 2016 e o mesmo mês do ano passado, destacam-se: aparelho receptor de posicionamento global (GPS) por satélite (195,05%); aparelho portátil de gravação de áudio – tipo mp3, mp4 – (42,20%); e disco digital a laser gravado – inclusive blu-ray (15,38%).