Você está aqui: Página Inicial > Notícias > PIM tem indicadores favoráveis em agosto

Notícias

PIM tem indicadores favoráveis em agosto

Parque fabril manauara faturou, no acumulado dos oito primeiros meses do ano, R$ 46,566 bilhões, o que representa um crescimento de 6,06% em relação ao mesmo período de 2011 (R$ 43,907 bilhões).
por Diego Queiroz publicado: 11/10/2012 16h23 última modificação: 14/03/2016 15h45

O Polo Industrial de Manaus (PIM) faturou, no acumulado dos oito primeiros meses do ano, R$ 46,566 bilhões, o que representa um crescimento de 6,06% em relação ao mesmo período de 2011 (R$ 43,907 bilhões). O faturamento de R$ 7,373 bilhões, alcançado pelo PIM no mês de agosto, particularmente, representou recorde mensal em reais, superando a marca anterior de R$ 7,135 bilhões, alcançada em novembro do ano passado.

Considerado em dólar, porém, o faturamento do PIM apresenta queda. Entre janeiro e agosto deste ano, o Polo registrou faturamento de US$ 24.4 bilhões, enquanto que no mesmo período de 2011 o montante foi equivalente a US$ 27.158 bilhões (–10,15%). Já a comparação entre agosto de 2012 (US$ 3.635 bilhões) e agosto de 2011 (US$ 3.937 bilhões) indica queda de 7,68%. “A diferença entre os resultados nas duas moedas pode ser explicada principalmente pela variação cambial no período, pois houve uma valorização superior a 27% do dólar frente o real entre 2011 e 2012. Os números, no geral, estão dentro do esperado”, disse o superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Nogueira.

Quanto à mão de obra, no mês de agosto o Polo empregou um total de 119.280 trabalhadores, entre efetivos, temporários e terceirizados, o que corresponde ao seu segundo melhor resultado de empregabilidade em 2012 e a um avanço de 0,44% ante o mês anterior, quando foram registrados 118.752 trabalhadores. Com os resultados de agosto, a média mensal de mão-de-obra do PIM chega a 118.231 trabalhadores no ano, o que representa uma evolução de 0,85% em relação à média de empregos registrada no mesmo intervalo de 2011 (117.225 trabalhadores).

As exportações evoluíram na comparação com o ano passado. No acumulado de 2012 (janeiro a agosto), o PIM exportou o volume de R$ 1,041 bilhão, o que representa um crescimento de 19,39% em relação ao mesmo período de 2011, quando foram exportados R$ 871.902 milhões. Em dólares, as exportações também tiveram ligeira alta de 0,7%, passando de US$ 538.4 milhões entre janeiro e agosto de 2011 para US$ 542.1 milhões no mesmo intervalo deste ano. O volume de exportações de R$ 177.775 milhões (US$ 87.643 milhões) registrado em agosto foi o melhor do ano e o resultado mensal de vendas externas mais exitoso das fábricas de Manaus desde julho de 2010, quando foram registradas exportações de R$ 193,9 milhões.

Eletroeletrônico lidera participação
Com faturamento de R$ 21,364 bilhões entre janeiro e agosto deste ano, o segmento Eletroeletrônico (incluindo Bens de Informática) foi responsável no período por mais de 45% do faturamento global do PIM e, na comparação com o mesmo intervalo do ano passado, obteve um crescimento de 14,49%. Embora o desempenho tenha sido bastante positivo tendo como base a moeda brasileira, em dólar, no entanto, o segmento apresentou queda de 3,4% em seu desempenho na comparação com o período de janeiro a agosto do ano passado.

Há casos de setores que apresentaram evolução em seus desempenhos adotando-se como base tanto o real quanto o dólar, dentre os quais o segmento Químico (crescimento de 21,16% em reais e de 2,5% em dólar), Bebidas (crescimento de 40,49% em reais e de 17,33% em dólar) e Isqueiros, Canetas e Barbeadores Descartáveis (crescimento de 25,68% em reais e de 6,4% em dólar). O segmento de beneficiamento de borracha foi o que obteve melhor desempenho no intervalo de janeiro a agosto deste ano. Nesse período, o subsetor faturou R$ 31,309 milhões (US$ 15,783 milhões) e atingiu um crescimento de 529,28% em reais e de 414,15% em dólar.

Embora o seu resultado no acumulado do ano continue negativo em 17,44% em relação a 2011, o Polo de Duas Rodas atingiu no mês de agosto faturamento de US$ 712.2 milhões, sua segunda melhor marca mensal de 2012. O setor mostrou uma forte recuperação, sobretudo, em relação ao mês de julho, quando havia atingido faturamento de US$ 370.3 milhões – sua pior marca mensal desde março de 2009. O faturamento obtido em agosto deste ano praticamente dobrou o de julho, chegando a um crescimento de 92,3%. “Julho foi um mês difícil para o segmento, mas os resultados de agosto mostraram um início de recuperação, principalmente em função das recentes medidas de incentivo adotadas pelo Governo Federal”, comentou Thomaz Nogueira. “A tendência é que, apesar dos altos e baixos de alguns setores, como Duas Rodas, encerremos o ano com um desempenho global igual ou melhor que o de 2011, o melhor ano da história do PIM”, concluiu.