Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Plano diretor de Gestão de Resíduos do PIM é apresentado durante seminário na SUFRAMA

Notícias

Plano diretor de Gestão de Resíduos do PIM é apresentado durante seminário na SUFRAMA

O plano diretor é a etapa final do estudo desenvolvido ao longo de 15 meses na Zona Franca de Manaus por meio de um acordo de cooperação técnica internacional entre a SUFRAMA, a Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores e a Agência Japonesa de Cooperação Internacional.
por Diego Queiroz publicado: 28/05/2010 00h00 última modificação: 02/05/2016 10h43

A proposta final do Plano Diretor de Gestão de Resíduos do Polo Industrial de Manaus (PIM) foi apresentada à sociedade nesta quinta-feira (27), durante o seminário conclusivo do projeto “Estudo para o Desenvolvimento de uma Solução Integrada relativa à Gestão de Resíduos Industriais no PIM”, realizado na sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA).

O plano diretor, que deverá ser implementado a partir do próximo ano, é a etapa final do estudo desenvolvido ao longo de 15 meses na Zona Franca de Manaus por meio de um acordo de cooperação técnica internacional entre a SUFRAMA, a Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores (ABC) e a Agência Japonesa de Cooperação Internacional (Jica). A iniciativa conta ainda com parceiros como a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), o Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam) e a Câmara de Comércio e Indústria Nipo-Brasileira do Amazonas (CCINB-AM), além de órgãos ambientais da esfera estadual e municipal, como o Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam).

Entre os principais objetivos do plano diretor está o estabelecimento de propostas de soluções para o aproveitamento e a destinação de resíduos industriais no PIM até o ano de 2015, visando também eliminar impactos ambientais negativos. As diversas diretrizes do plano incluem propostas a curto e médio prazos, como a construção de novo aterro de resíduos industriais, o estímulo à cooperação entre Governo, Indústria e empresas de serviço de resíduos, o fortalecimento do sistema de Manifesto de Resíduos e a promoção de técnicas como o co-processamento.

A execução do plano diretor representa um desafio grande para as empresas e instituições envolvidas com o tema na região, levando-se em conta o atual cenário do aproveitamento de resíduos industriais no Polo Industrial de Manaus. Segundo o estudo da Jica, o PIM deverá gerar, no ano de 2015, aproximadamente 740 toneladas de resíduos industriais (em geral) por dia, o que representa um crescimento de quase 20% sobre as 591,5 toneladas de resíduos industriais (em geral) contabilizadas diariamente em 2009.

“Há uma relação direta entre o crescimento da atividade industrial e a maior produção de resíduos. Esperamos que este estudo sirva como um valioso instrumento para que o Polo Industrial de Manaus continue se desenvolvendo em bases elevadas ao mesmo tempo em que ganhe cada vez mais consistência como atividade virtuosa e sustentável”, apontou a coordenadora-geral de Estudos Econômicos e Empresariais da SUFRAMA, Ana Maria Souza, que atuou como mediadora do seminário. Ana Maria adiantou que o plano diretor deverá ser concluído oficialmente em agosto deste ano e entregue à SUFRAMA.

Além da apresentação do plano diretor, o seminário contou também com a divulgação dos principais resultados do estudo desempenhado por consultores contratados pela Jica e a exposição do sistema de banco de dados dos inventários de resíduos, cujo objetivo é mapear o fluxo de resíduos gerados nas fábricas do PIM por meio da reunião de um conjunto de informações, desde a geração até a destinação final pelas indústrias. “Também estamos trabalhando no desenvolvimento de um banco de dados das empresas de serviço de resíduos, que trará benefícios tanto às empresas que prestam serviços no setor quanto aos potenciais clientes, à SUFRAMA e ao Ipaam. Nossa expectativa é de que ambos os sistemas estejam em funcionamento pleno no próximo ano”, afirmou o assessor do Ipaam, Ademir Stroski.