Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pólo Industrial de Manaus mantém indicadores em alta no segundo semestre

Notícias

Pólo Industrial de Manaus mantém indicadores em alta no segundo semestre

Os indicadores de desempenho do PIM apontam aumento na geração de empregos, nas exportações, no investimento e na produção fabril.
publicado: 17/09/2008 00h00 última modificação: 19/07/2016 10h46

As empresas do Pólo Industrial de Manaus (PIM) encerraram o mês de julho com faturamento acumulado no ano de US$ 17,860 bilhões. O resultado é 33,12% maior que o verificado de janeiro a julho do ano passado, quando o parque fabril faturou US$ 13,416 bilhões. Os indicadores de desempenho do PIM, divulgados pela SUFRAMA nesta terça-feira (dia 16), apontam ainda aumento na geração de empregos, nas exportações, no investimento e na produção fabril.

Nas linhas de produção, a geração de emprego chega próximo a 110 mil. Das aproximadas 550 empresas que compõem o pólo industrial, 400 informaram seus números à SUFRAMA até a divulgação dos indicadores de julho. Juntas, elas mantêm 107.819 trabalhadores, resultado superior aos 105.447 postos de trabalho comunicados à autarquia por 412 fábricas nos indicadores de junho. Somados aos empregos indiretos, o PIM gera mais de 500 mil vagas com carteira de trabalho assinada.

As exportações mantiveram a trajetória de crescimento neste ano e em julho totalizaram US$ 102,661 milhões. No balanço do ano, até julho, as vendas para outros países chegaram a US$ 673,241 milhões, ou seja, 22,26% maior que a verificada no mesmo período de 2007: US$ 550,645 milhões. Produtos como aparelhos celulares, motocicletas e eletroeletrônicos, como TV, têm contribuído para a elevação do fluxo comercial do pólo industrial com os países vizinhos ou mesmo integrantes de outros blocos econômicos.

A consolidação do PIM pode ser percebida pelo constante aporte de novos investimentos, seja por fabricantes já instalados, por intermédio de diversificação e atualização da produção, seja por novas companhias. Segundo os indicadores de desempenho divulgados pela SUFRAMA, os investimentos liquídos totais no parque fabril alcançaram US$ 8,290 bilhões em julho. Em dezembro do ano passado, esse valor era de US$ 6,697 bilhões.

Com relação à produção, continuam com grande percentual de expansão os fabricantes de televisores com tela de cristal líquido – LCD (aumento de 240,83%), TVs com tela de plasma (alta de 56,08%), aparelho de telefone celular (45,38% maior), microcomputadores – inclusive portáteis (crescimento de 36,89%), relógio de pulso e bolso (com oferta 33,42% maior), compact disc – inclusive cd-rom (mais 33,36%), motocicletas, motonetas e ciclomotores (30,77% a mais em produtos).

Além desses segmentos, segundo os indicadores de desempenho de julho do Pólo Industrial de Manaus, outros também ampliaram a produção no período analisado: os fabricantes de receptor de sinal de televisão – set-top box (26,91%), auto-rádio e aparelhos reprodutores de áudio (mais 26%), telejogo (aumento de 17,22%), aparelhos telefônicos – inclusive porteiro eletrônico (oferta 15,45% maior do produto) e aparelhos de barbear (contabilizando alta de 1,32%).

registrado em: , ,