Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pólo Industrial de Manaus mantém trajetória de crescimento no semestre

Notícias

Pólo Industrial de Manaus mantém trajetória de crescimento no semestre

Período registrou aumento de faturamento, exportações, geração de empregos e de produção.
publicado: 13/08/2008 00h00 última modificação: 20/07/2016 11h46

O primeiro semestre de 2008 foi de aumento de faturamento, exportações, geração de empregos e de produção para o Pólo Industrial de Manaus (PIM). Nos seis primeiros meses do ano, segundo os indicadores de desempenho da SUFRAMA divulgados nesta quarta-feira (dia 13), a indústria faturou US$ 15,052 bilhões, volume 31,46% maior que o contabilizado no mesmo período do ano passado (US$ 11,450 bilhões). O resultado é histórico e supera, por exemplo, o faturamento de todo o ano de 2004 (US$ 14,190 bilhões) e é próximo ao alcançado em 2005 (US$ 18, 916 bilhões).

Outro indicador comemorado pela direção da autarquia é a retomada das exportações, que chegaram a US$ 568,561 milhões no semestre. O indicador é 27,54% maior que os US$ 445,798 milhões de janeiro a junho de 2007. Contribuíram para o resultado a ampliação das vendas de aparelhos celulares e a manutenção do bom desempenho de produtos como concentrados para refrigerante e motocicletas no mercado internacional. Além dos Estados Unidos, a Superintendência vem fomentando a maior relação comercial do PIM com os países vizinhos e outros blocos econômicos.

O reflexo imediato do bom momento econômico, além da geração de impostos e da movimentação dos demais setores econômicos é a geração de emprego. Com base nos indicadores de desempenho fornecidos por 411 empresas, o Pólo Industrial de Manaus está empregando em suas linhas de produção 105.431 trabalhadores. “Considerando todo o universo de fábricas, superior a 550, os empregos diretos ultrapassam a marca dos 110 mil postos de trabalho. Além desses temos outros mais de 400 mil indiretos”, destaca a superintendente da SUFRAMA, Flávia Grosso.

Entre os produtos que registraram crescimento de produção, destaque para os televisores com tela de cristal líquido (LCD). De janeiro a junho saíram das linhas de produção 913.355 unidades, um volume 249,06% maior que o alcançado no mesmo período do ano passado, de 261.660 TVs com essa tecnologia, e que em alguns modelos já incorporam o receptor de sinal digital (set-top box). Nesse nicho os aparelhos de TV com tela de plasma registraram alta de 48,15% no mesmo período de comparação, passando de 82.239 para 121.833 unidades.

Na produção de motocicletas, motonetas e ciclomotores, a principal responsável pelo crescimento contínuo do pólo duas rodas, também foi verificado significativo crescimento. A oferta subiu 28,65%, passando de 947.684 para 1.219.236 unidades no semestre. Além desses produtos também apresentaram produção maior aparelhos de telefonia celular (51,22%), compact disc – inclusive cd-rom (36,20%), microcomputadores – inclusive portáteis (35,43%), relógio de pulso e bolso (31,61%), auto-rádio e aparelhos reprodutores de áudio (31,07%), set-top box (27,77%), aparelho telefônico – inclusive porteiro eletrônico (21,01%) e telejogo (9,22%).

registrado em: , ,